Imagem nY807122016141745Q77EI.jpg

A oitava lua nova

À Glaura Cardoso

A flor do imbondeiro
cai
do coração de um pássaro – esta
é a Noite que desmembra o Tempo,
selando seus astros, removendo
a escuridão na escuridão,
açoitando
o latir dolente dos cães - e à roda,
o silêncio dos leopardos.

A Noite é a única realidade,
desde os ancestrais: quanto mais negra,
mais verdadeira.
E eis que chega
a oitava Lua Nova, a Lua
dos ventos e da doença.

As magras águas dos rios
dementam os peixes, que sufocam
pela ausência da sua bússola lunar.

E loucos - loucos
de eternidade,
dançam os pés do vento sobre o mundo.

Por um tremor de céu,
os meus olhos inflamam como relâmpagos
a fulminar
sob as pálpebras. É o fim
da estação do cacimbo: as febres
estuporando os corpos, a Terra
submersa
por um tapete de cinzas
e árvores calcinadas.

Do coração de um...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Zetho Cunha Gonçalves
Zetho Cunha Gonçalves nasceu na cidade do Huambo, em Angola, em 1960. Poeta, autor de literatura infanto-juvenil, ficcionista, antologiador, tradutor de poesia e organizador de edições. Publicou, desde 1979, mais de 30 livros, entre os quais, de poesia, A palavra exuberante, 2004; Sortilégios da terra: Canto de narração e exemplo, 2007; Rio sem margem: Poesia da tradição oral, 2011; Terra: Sortilégios, 2013; Rio sem margem: Poesia da tradição oral. Livro II, 2013; Noite vertical, 2014. Tem traduções da sua obra para alemão, espanhol, hebraico e italiano, e colaboração dispersa por jornais e revistas de Angola, Brasil, Espanha, Moçambique, Itália e Portugal. Vive atualmente em Lisboa, dedicando-se inteiramente à literatura.



Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM