Imagem schwitters11.jpg

O cúmulo do absurdo



2014-03-18

Antes de ler a literatura de Kurt Schwitters talvez fosse útil entender a própria noção de “merz”, expressão que serve como título da antologia, Contos Mércio (Editora da UFSC, 2014), afinal merz vem de kommerz, comércio em alemão. Na verdade, segundo consta, merz vem de Kommerzbank, Banco do Comércio, o que atribuiria outros sentidos ainda ao que ficou de fora. De resto, a própria maneira como Schwitters chega à expressão não deixa de ser reveladora: merz teria sido encontrado em um quadro do próprio artista, uma colagem em que a palavra aparecia meio por acaso, cortada e perdida entre outras,...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Victor da Rosa
Victor da Rosa, ensaísta e escritor, é graduado em Letras pela Universidade Federal de Santa Catarina, e doutorando pela mesma instituição, com pesquisa sobre Machado de Assis. Organizou, em parceria com o poeta e tradutor Ronald Polito, a antologia 99 poemas (2009) e Escutem este silêncio (2011), ambas do poeta catalão Joan Brossa. Colaborou com resenhas e ensaios esparsos para diversos jornais e periódicos culturais: Bravo!, Mapa das Artes, Goethe Institut, Interartive, Suplemento Literário de Minas Gerais, Sopro, Sibila, Jornal Estado de Minas, Diário Catarinense, blogs do Instituto Moreira Salles e da editora Cosac & Naify, entre outros. Em 2010, ganhou o Prêmio Rumos, de Crítica Literária, do Itaú Cultural.



Sugestão de Leitura


A armadilha na poesia de Ana Martins

O crítico Murilo Marcondes de Moura já havia notado, na orelha de A vida submarina (2009), que a poesia de Ana Martins Marques sintetiza uma equa ...

Por que não googlas?

Creio que ainda não foi devidamente avaliada a relação entre a poesia de Angélica Freitas e o dadaísmo. Em um ensaio sobre a autora, escrito por ...

Vampiro no espelho

Parece consenso que a obra de Sebastião Uchoa Leite (1935-2003) foi se construindo, dos anos 60 até o início do nosso século, a partir de um atri ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM