Imagem rc8291632016130959U98HL.jpg

Luiz Ruffato, Gonçalo M. Tavares e Adriana Calcanhoto no Festival Literário da Madeira



2014-02-08

Luiz Ruffato, Gonçalo M. Tavares e Adriana Calcanhotto no Festival Literário da Madeira

Um dos mais charmosos eventos literários de Portugal, o Festival Literário da Madeira, realizado na capital do arquipélago da Madeira, Funchal, divulgou seus três primeiros convidados: o escritor brasileiro Luiz Ruffato, a cantora e compositora Adriana Calcanhoto e o escritor português de origem angolana Gonçalo M. Tavares.

O evento, que acontecerá de 17 a 23 de março de 2014, está em sua quarta edição e movimenta a região com debates, lançamentos e show’s. O arquipélago da Madeira constitui um conjunto de oito ilhas, a quase mil quilômetros de Lisboa, e sua capital Funchal é famosa pelos restaurantes de luxo, pelos incríveis hotéis e pelo seu filho mais ilustre: Cristiano Ronaldo.


Autores e ideias
Em 2005, quando Gonçalo M. Tavares recebeu o Prêmio Saramago, o Nobel português declarou existir na “produção novelesca nacional, um antes e um depois de Gonçalo M. Tavares”.  Autor de 32 livros,  Gonçalo falará sobre sua trajetória e também sobre Atlas do Corpo e da Imaginação, seu último trabalho, que atravessa a literatura, a filosofia e as artes visuais, com temas como identidade, tecnologia, morte, amor, cidade, racionalidade e desejo.  São centenas de fragmentos que definem um itinerário no meio da confusão do mundo, um discurso acompanhado por imagens de Os Espacialistas, um coletivo de artistas plásticos.

O autor brasileiro Luiz Ruffato participa do evento depois de ter assumido as honras de abertura da mais recente edição do maior evento literário do Mundo, a Feira do Livro de Frankfurt 2013, que teve o Brasil como país convidado. Luiz Ruffato dedica-se exclusivamente à literatura desde 2003. Estreou em 1998 com um livro de contos, Histórias de Remorsos e Rancores. Em 2001, Luiz Ruffato publicou o aclamado romance Eles eram muitos cavalos, vencedor do Troféu APCA e  do Prêmio Machado de Assis. Em 2005, o escritor natural de Cataguases, Minas Gerais, iniciou a saga Inferno Provisório, composta por cinco volumes. Domingos Sem Deus (2011) é o último volume da série, distinguido com o Prêmio Casa de Las Américas 2013.

O festival também investe na música, com o espectáculo “Olhos de Onda”, de Adriana Calcanhotto. A cantora e compositora retoma o formato intimista, munindo-se apenas da sua voz e da guitarra. Mais informações no site oficial do evento: http://www.festivalliterariodamadeira.pt/



Revista Pessoa
 



Sugestão de Leitura


Salvador, na Bahia, recebe o primeiro Festival da Língua Portuguesa - FELPO

Nos dias 28, 29 e 30 de março, a capital baiana será o palco da celebração da língua portuguesa com uma progra ...

Contos clássicos ganham adaptação no canal Futura

Contos de grandes nomes da literatura brasileira ganham vida na série de filmes “Os Imortais”, que o Canal Futura estreia no p ...

Revista Pessoa promove festival com brasileiros e norte-americanos em Nova Iorque

  John Keene, Paul Beatty, Rivka Galchen, Leslie Jamison,  Andy Tepper, Susan Bernofsky  e Eric M. B. Becker se juntam a E ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM