Imagem mula4-1024x768.jpg

Exílio

Todos os dias
desço até a padaria
cruzo a catraca
A padaria não é mais a mesma
velho balcão de lata
ensebado e gorduroso
velho português de camiseta
suor no pescoço
A luz agora
incide
num ambiente de aeroporto
O expresso
as novas garotas do bairro
o pão na chapa
Por aqui os vícios antigos
se renovam como lembrança
Meu vizinho engorda
e me acena com a xícara de café
um Esteves sorridente
Faço da padaria
meu exercício matinal
aferição de minha classe
e algumas roupas
No estacionamento
4x4 metálicos
enquanto bois engordam
no pasto da fazenda
Subo a rua
de volta para casa
saquinho de pão
Alguém assoviando na portaria
uma canção que veio
de outras paragens
ou desta mesma margem
me faz lembrar
daqueles versos:
“as armas que aqui gorjeiam
não gorjeiam como lá”.


Com os...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Heitor Ferraz Mello
Heitor Ferraz Mello é jornalista e poeta. Fez mestrado em Literatura Brasileira pela USP, com a dissertação “O rito das calçadas: a poesia de Francisco Alvim”. Publicou os livros de poemas Coisas imediatas (1996-2004)”, onde reunia suas primeiras obras, e Um a menos, de 2009. De lá para cá, vem se dedicando ao ensino de jornalismo e tem colaborado em algumas revistas e jornais, como crítico de literatura. Os poemas publicados aqui farão parte do livro O jogo das nuvens, sem data prevista de conclusão.



Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM