Imagem stones-on-a-mirror-1024x680.jpg

Antimemória  
Voltar ao seio da memória dura
E se perder como primeiro passo
Sabendo sem saber ardido  
Pensar caída a pedra que peguei
Nem outra a que pudesse escura
E não me armei  
Dias perdidos a que se saibam
Embora assim o nada cala
E armar nem isso é o vazio  
Joguei os dados entre os dedos
Incerto e não do que pedia:
Voltar a vida é coisa fria

****    
Aracanda  
Nas primeiras viagens de Candara
Deixaram-me pasmas de pedras
Que se quebravam a cada estilete
Sagrando ao toque de minha mão
Ardida dos basaltos e cristais cortantes  
Sei que o pó levantado aos olhos
É também faca e marca de caminho
Assim não me deixo ficar nem sair
Mas instigar a mim mesmo eu sei
Atento à cara dura que não tenho 
Deixo meus encantos nos esforços
E vejo clara a rocha azul do desmedido
Sabendo o sem perdido o que se que ganha
Por tanto...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Antonio Fernando De Franceschi
Antonio Fernando De Franceschi estudou filosofia e economia, e  atuou como jornalista e diretor de banco. Foi Diretor Superintendente do Instituto Moreira Sales e editor dos Cadernos de Literatura Brasileira. É autor de Tarde Revelada, Editora Brasiliense, 1985, Caminho das Águas, Editora Brasiliense, 1987, Sete Suítes,Companhia das Letras, 2010, entre outros.  Ganhou os prêmios Jabuti, APCA e Cassiano Ricardo do Clube de Poesia.



Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM