Imagem 140E421120161414392L01d.jpg

Gonçalo M. Tavares vence Prêmio Fernando Namora



2011-10-02

Um dos mais importantes nomes da literatura portuguesa contemporânea, Gonçalo M. Tavares vence pela primeira vez o Prêmio Fernando Namora.

Relativamente à obra Uma viagem à Índia o júri considerou a maneira inovadora como o autor explora as relações entre a forma romance e a matriz épica, bem como a hábil trama narrativa e a estruturação da ação.

Nascido em Luanda, em 1970, Gonçalo publicou seu primeiro livro em 2001 e desde então acumulou dezenas de obras, entre ficção, poesia e teatro. Entre as suas publicações estão as séries O reino (quatro volumes), O bairro (dez volumes),Enciclopédia (três volumes) e Investigações (três volumes).

O escritor já recebeu prêmios como LER/Millennium (2004), José Saramago (2005), Portugal Telecom (2007) e Associação Portuguesa de Escritores (2011). Seus livros foram publicados em mais de 30 países, incluindo o Brasil. Tavares participou recentemente da Bienal do Livro do Rio de Janeiro, o maior evento editorial do país.

Além de Uma viagem à Índia encontravam-se na “short-list” os romances A máquina de fazer espanhóis, de Valter Hugo Mãe, Adoecer, de Hélia Correia, O bom inverno, de João Tordo, e Peregrinação de Enmanuel Jhesus, de Pedro Rosa Mendes.

O vencedor no ano passado foi Ilusão (ou o que quiserem), de Luísa Costa Gomes. O Prêmio, instituído há 14 anos pela Estoril Sol (empresa portuguesa que detém concessão de casinos), tem o valor de 25 mil euros, sendo o júri presidido pelo escritor e tradutor Vasco Graça Moura.

Integraram ainda o júri Guilherme d Oliveira Martins, em representação do Centro Nacional de Cultura, José Manuel Mendes, pela Associação Portuguesa de Escritores, Manuel Frias Martins, pela Associação Portuguesa dos Críticos Literários, Maria Carlos Gil Loureiro, pela Direcção Geral do Livro e das Bibliotecas, Maria Alzira Seixo e Liberto Cruz, convidados a título individual, e ainda Nuno Lima de Carvalho e Dinis de Abreu, pela Estoril Sol.

Gonçalo M. Tavares publicou conto inédito A última fiscalização na 1a edição da revista Pessoa.



Revista Pessoa
 



Sugestão de Leitura


Livro premiado em Portugal será publicado pela Todavia no Brasil

Romance de estreia de Itamar Viera Junior, Torto arado venceu o Prêmio Leya 2018 por unanimidade. O júri, presidido pelo e ...

Inscrições abertas para o Prêmio Leya de Literatura 2019

A edição de 2019 do Prêmio Leya receberá inscrições até o dia 30 de abril. O concurso internacion ...

Poesia liga Belo Horizonte ao Porto

A revista DiVersos, que publica poesia e tradução desde 1996 no Porto, em Portugal, dedica uma edição especial ao &ld ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM