Imagem

João Almino vence Prémio Zaffari & Bourbon



2011-08-24

Cidade livre, de João Almino, foi considerado o melhor romance de língua portuguesa publicado no Brasil nos últimos dois anos, entre junho de 2009 e maio de 2011. Ao prémio, no valor de 150 mil reais, concorreram 228 romances. O anúncio foi feito na 14ª edição da Jornada Nacional de Literatura, que acontece até sexta (dia 26) em Passo Fundo (Rio Grande do Sul).

João Almino sucede a Cristóvão Tezza (2009), Mia Couto (2007), Chico Buarque (2005), Plínio Cabral (2003), António Torres (2001) e Sinval Medina (1999).

O júri do 7º Prémio Zaffari & Bourbon de Literatura foi constituído pela escritora e académica Regina Zilberman (presidente do júri), pelo escritor Ignácio de Loyola Brandão e pelos académicos José Luís Jobim de Salles Fonseca, Miguel Sanches Neto e Benjamin Abdala Júnior.

João Almino é autor, entre outras obras, de Quinteto de Brasília, composto pelos romances Ideias para onde passar o fim do mundo (nomeado para o Prémio Jabuti e vencedor do Prémio do Instituto Nacional do Livro e do Prémio Candango de Literatura), Samba-Enredo, As cinco estações do amor (Prémio Casa de las Américas 2003) e O livro das emoções.

Almino é membro do Conselho Editorial da revista Pessoa.



Revista Pessoa
 



Sugestão de Leitura


Livro premiado em Portugal será publicado pela Todavia no Brasil

Romance de estreia de Itamar Viera Junior, Torto arado venceu o Prêmio Leya 2018 por unanimidade. O júri, presidido pelo e ...

Inscrições abertas para o Prêmio Leya de Literatura 2019

A edição de 2019 do Prêmio Leya receberá inscrições até o dia 30 de abril. O concurso internacion ...

Poesia liga Belo Horizonte ao Porto

A revista DiVersos, que publica poesia e tradução desde 1996 no Porto, em Portugal, dedica uma edição especial ao &ld ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM