Imagem Foto-ESA-1024x598.jpg

rosetta e índio



2015-09-01

rosetta
 
o ruído da geladeira não é contínuo
é intermitente
toda vez que a geladeira faz o ruído
as garrafas em cima dela tremem
e fazem um som de vidro contra vidro
o ruído da geladeira
não seria o mesmo sem as garrafas
em cima dela
o ruído da geladeira se parece
um pouco com o canto do cometa
mas o canto do cometa é contínuo
os cientistas aumentaram dez mil vezes
a frequência do canto do cometa
para que ele fosse audível
aos humanos
(os humanos querem ouvir o cometa)
o canto do cometa é contínuo
e ao mesmo tempo
irregular
o canto da baleia jubarte
se transforma ao longo dos anos
o ruído da geladeira não seria o mesmo
sem as garrafas em cima dela
o crescente tráfico de barcos
o crescente ruído de barcos
tem provocado mudanças na frequência
do canto das baleias
(as baleias querem ser ouvidas
apesar dos barcos)
quando chamamos de canto
o canto das baleias
isso é uma antropomorfização
quando chamamos de canto
o canto das baleias
isso é um gesto de empatia?
quando chamamos de canto
o ruído da geladeira e o ruído dos barcos
isso é um desvio?
como determinar...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Julia de Souza
Julia de Souza tem 28 anos, nasceu e vive em São Paulo. Formou-se em Letras pela USP, onde atualmente desenvolve pesquisa de mestrado sobre a prosa de Hilda Hilst. Em 2013 lançou seu primeiro livro de poemas, Covil, pela editora 7Letras. Publicou poemas em diversas revistas, como a Piauí, e também o conto “Moinho” pelo selo digital Formas Breves. Trabalha como preparadora de texto para algumas editoras.



Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM