Imagem

Sonho e decepção em Cidade livre



2010-08-10

O que o narrador da história vê, conta. E ele vê muito: a construção de um sonho, os primeiros moradores do que seria Brasília, personagens como Juscelino Kubitschek, Fidel Castro e outros se misturam a candangos num vasto canteiro de obras. Outra visão da mesma história aparece num blog, escrito pelo filho do narrador.

Muitas histórias contadas por duas gerações se cruzam em Cidade livre, do escritor e diplomata João Almino. O livro, disponível no Brasil desde julho, será lançado com O livro das emoções, obra anterior do autor, em novembro, em Portugal.

Os romances de João Almino são sempre ambientados em Brasília. Cidade livre era o nome do atual Núcleo Bandeirantes, e que deveria desaparecer quando Brasília fosse construída. Mas está lá até hoje, viva como as histórias de Cidade livre.

Cidade livre
João Almino
Record
240 páginas
R$ 39,90



Revista Pessoa
 



Sugestão de Leitura


Intolerância no Brasil é tema de Seminário Internacional

  O Seminário "Raízes da Intolerância no Brasil" acontece no formato online de16 a 18 de Setembro. Com ...

Série de TV tenta traduzir a palavra saudade

  Dirigida por Paulo Caldas e Bárbara Cunha, a série Saudade procura explorar não só os significado ...

Festival inova formato e reúne poetas de mais de 40 países

De 12 a 21 de março, Leiria reúne poetas, leitores, performers, professores e criadores de diferentes campos artísticos ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM