Imagem ZN7Rn642016092000G266A.jpg

Gullar e as lições do espanto



2016-03-28

Como estar diante do labirinto de Escher ou do espelho de Magritte, poesia é desequilíbrio, um tiro ensurdecedor e repentino na madrugada fria e silenciosa de uivos e rangidos

Na poesia mais recente de Ferreira Gullar não há mais o ímpeto verbal dos anos de exílio, como no Poema sujo (1975), artefato poético capaz de incendiar prédios, nomes e regimes políticos e estéticos. No entanto, o espanto diante do mundo agora coaduna com os conflitos do artista com seu instrumento de expressão, mas tendo a mesma inquietação e o mesmo empenho artístico de quem não se cansa de penetrar na essência das coisas.


“o poema

antes de escrito

não é em mim

mais que um aflito

silêncio

ante a página em branco”

(Em alguma parte alguma, 2010)


Gullar já revelou em várias ocasiões que a sua poesia “nasce do...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Rodrigo Jorge

Rodrigo Jorge nasceu no Rio de Janeiro. Foi pesquisador visitante na Princeton University. Doutor em Literatura Comparada e Mestre em Letras pela UFF, desenvolve pesquisas sobre modernismo brasileiro, epistolografia e relações interartes. Como docente, lecionou literatura brasileira na Faculdade de Letras da UFRJ e no Instituto de Letras da UFF. Atualmente, é pesquisador de pós-doutorado no Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo (IEB-USP).




Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM