Imagem D648L7112016144019223JJ.jpg

Dar voz ao silêncio



2016-11-07

Anotações sobre Desesterro, de Sheyla Smanioto

Desesterro

Um neologismo dá título ao livro, e, com ele, as primeiras pistas. Procuro o conforto do Houaiss: Esterroar ou desestorrar (desmanchar os torrões de terra); desterroar (retirar a terra); desterro (condição de pessoa que vive isolada da sociedade, longe de sua terra natal). Começamos assim então: é uma história feita de terra. E há também, ao longe, o desespero, esse som insistente.

Mas Desesterro é sobre o quê? Eu diria que é sobre dar voz ao silêncio. Voz aos que não tem voz, nome aos que passam em branco. Porque Desesterro é sobre desenterrar o que jazia mudo, adormecido sob a terra, pedaços de um corpo que é o corpo de todos, ou de todas. Pois Desesterro é uma história feita de falta.

 

Vilaboinha

“Em VIlaboinha, lá para as bandas do norte [...]”. Vilaboinha. Vila boa. Ou não tão boa, apenas boinha. Vila bóia. Vila pequena tábua de salvação. Vila que não salva ninguém. Vila naufrágio. Vila ruinzinha, ruim de morrer.  Vilaboinha é...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Carola Saavedra

Carola Saavedra nasceu no Chile, em 1973, e mudou-se para o Brasil com três anos de idade. Morou na Espanha, na França e na Alemanha, onde concluiu um mestrado em Comunicação. Vive no Rio de Janeiro. É autora dos romances Toda terça (Companhia das Letras, 2007), Flores azuis (Companhia das Letras, 2008; eleito melhor romance pela Associação Paulista dos Críticos de Arte, finalista dos prêmios São Paulo de Literatura e Jabuti), e Paisagem com dromedário (Companhia das Letras, 2010, Prêmio Rachel de Queiroz na categoria jovem autor, finalista dos prêmios São Paulo de Literatura e Jabuti) e O inventário das coisas ausentes (romance, Companhia das Letras, 2014). Seus livros estão sendo traduzidos para o inglês, francês, espanhol e alemão. Está entre os vinte melhores jovens escritores brasileiros escolhidos pela revista Granta. 




Sugestão de Leitura


Enigmas, silêncio, traição

Avesso À primeira vista, o enredo: mulher de meia idade descobre que o marido tem uma amante vinte anos mais jovem. Mas não, log ...

Anotações sobre Hanói

Hanói Com Hanói nas mãos, uma parede e as marcas e estruturas da parede, uma foto-pintura em sépia, e sobre ela, n ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM