Imagem 291J6121220161446515Q043.jpg

Conversa curta



2016-12-12

Poemas inéditos de Vilma Arêas. Curadoria de Heloisa Jahn


AMOR

Je-ro-se-li-na – ela escandiu sílaba por sílaba. – É este o meu nome

mas meu marido me chama de Linda.

É o Aderbal.

Ele só come a comida que eu faço.

Podem oferecer o que quiserem, qualquer coisa.

Ele só come a comida que eu faço.



VELÓRIOS

1

quem morreu não foi ela, foi a irmã. Ele continua bebendo.

Emília teve uma filha boba. Boba ligada.

Olhinho mau, faiscando perverso.

Também, o pai acordava a menina para bater quando chegava bêbado de madrugada

no dia em que recebia o salário.


2

o pai, o irmão, o filho tinham o mesmo nome. O irmão levantou-se de repente na igreja

aproximou-se aos soluços do caixão, esbofeteou a irmã...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Vilma Arêas
Vilma nasceu em Campos (RJ), em 1936. Foi professora de literatura brasileira na Unicamp durante muitos anos. Estreou na ficção com Partidas (1976). Publicou ainda Aos trancos e relâmpagos (novela, 1988, prêmio Jabuti), Na tapera de Santa Cruz (ensaio, 1988), A terceira perna (contos, 1992, prêmio Jabuti), Iniciação à comédia (ensaio, 1994), Trouxa frouxa (contos, 2000), Clarice Lispector com a ponta dos dedos (ensaio, 2005), Vento Sul ("ficções", 2011). Vive em São Paulo.



Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM