Imagem ND5GX221220161537298B4W3.jpg

Não há celulite no Hotel Renaissance



2016-12-22

A caminho de casa, despedi-me da cidade ia fria a noite. O frio não desagradava. Um cartucho de castanhas mal assadas queimando as mãos apressou o meu trote pela Travessa, velha ruela sem jeito nem graça, mais iluminada agora que é Natal dentro das casas. Porque olho para dentro das casas permitindo-me dali imaginar, prefiro ruas onde as janelas não têm grades nem cortinados. Em casa de meus pais havia vinte e quatro janelas, a maioria com pesados reposteiros. Mas divago. 

Lisboa mistura bem ricos e pobres e isso esta Travessa até minha casa exemplifica: cem metros decorridos e passei uma Embaixada, dois casebres, três prédios de renda antiga pobre, quatro edifícios de grandes apartamentos. As árvores de Natal das casas ricas são muito mais elegantes, as remediadas, muito mais coloridas. Se cor for alegria, estamos conversados.

Amanheceu ameno o dia, ensolarada Lisboa fazendo-se aos turismos. O porteiro do fim de semana carregou-me a mala, feito que pretendo registar pois que é...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Fernanda Mira Barros

Fernanda Mira Barros (Lisboa,1967) cursou língua e literatura inglesa e alemã na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. É editora dos Livros Cotovia, pequena editora lisboeta de catálogo quase imaculado. É amante de livros, animais e outros seres belos. Ex-tímida, seu lema é: Nunca se sabe.




Sugestão de Leitura


Diários de periodicidade incerta

  Domingo Recolhiam as esteiras da venda de melões de beira de estrada os dois ciganos. Mais perto da rotunda instalava-se j&aa ...

Propósitos de despropósitos

Gosto tanto de certas palavras que gosto mais de certas palavras do que de certas pessoas, que gosto mais de certas palavras do que de certas pai ...

Não recordo o frio

Mosteiro zen, Colorado, fim de 2016 Não recordo o frio, recordo a neve, que é, por definição, bem mais que fria. F ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM