Imagem 1490905348.jpg

Litercultura realiza o grande festival do terceiro capítulo



2015-08-17

O terceiro capítulo do Litercultura festival literário de Curitiba acontece a partir de 23 de agosto, domingo, encerrando a programação de 2015. Um bate-papo com o crítico de cinema Marden Machado seguido de exibição do filme O Passado, adaptação da obra homônima de Alan Pauls, abre as atividades paralelas, na Cinemateca. Uma semana depois, entre os dias 28 e 30 de agosto,  ocorre o grande festival, com mesas distribuídas entre o Palacete Garibaldi, o TUC, o Clube Curitibano e outros espaços culturais do centro histórico.

A sessão de abertura será no dia 28 de agosto, com o escritor Alan Pauls, e também terá mesa com a antropóloga Lilia Schwarcz e a historiadora Heloísa Starling, autoras do livro Brasil: uma Biografia. No dia 29, Joca Reiners Terron e Christian Schwartz discutem a Curitiba oculta na obra de Jamil Snege e Manoel Carlos Karam; Marcelino Freire e João Anzanello Carrascoza analisam suas produções a partir da expansão e concisão da forma; Paulo Venturelli e José Castello conversam sobre as leituras como pontos de partidas para as ficções; e Reinaldo Moraes e Eliane Robert Moraes falam sobre a tradução do erotismo no Brasil.

No domingo, a primeira sessão é com Luiz Felipe Pondé e Christian Ingo Lenz Dunker, nomeada “o Brasil dividido”, um debate sobre o acirramento de costumes e ideologias; em seguida, Teixeira Coelho contrapõe a experiência estética ao peso da história em sua ficção; o músico e ensaísta Zé Miguel Wisnik apresenta interpretações musicadas e textuais em uma aula-show, abordando a união entre ambos; a conversa entre Arnon Grunberg e Tommy Wieringa põe Curitiba na série de encontros “Café Amsterdã”, realizada com escritores holandeses; e Jards Macalé realiza o show de encerramento do festival.

Em atividade desde 2013, o Litercultura trouxe à Curitiba o prêmio Nobel John Maxwell Coetzee, os renovadores da prosa portuguesa Gonçalo M. Tavares, Valter Hugo Mãe e José Luis Peixoto, o argentino Alberto Manguel, o filósofo italiano Gianni Vattimo, além de autores brasileiros renomados como Ana Maria Machado, Sérgio Rodrigues, Cristovão Tezza e Marcia Tiburi. Realizado com o patrocínio do Itaú Cultural, o evento tem a identidade consolidada pela distribuição dos eventos ao longo do ano chamados de capítulos, e encerra com um grande festival com extensa programação, formato adotado a partir de sua segunda edição, em 2014. Os ingressos para o terceiro capítulo de 2015 podem ser retirados entre 15 a 27 de agosto no Memorial de Curitiba, ao limite de dois por pessoa para cada sessão; a programação completa está disponível no site do festival.



Revista Pessoa
 



Sugestão de Leitura


Oceanos anuncia em Lisboa os ganhadores do prêmio em 2018

  Em 2018 o Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa consolida o processo de ampliação levado ...

Revista Pessoa promove festival com brasileiros e norte-americanos em Nova Iorque

  John Keene, Paul Beatty, Rivka Galchen, Leslie Jamison,  Andy Tepper, Susan Bernofsky  e Eric M. B. Becker se juntam a E ...

Escritores participam de debate sobre a Língua Portuguesa

  Em sua segunda edição, o Seminário A Língua Portuguesa na Educação, na Literatura e na C ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM