Imagem 1495113483.jpg

Ópera dos mortos

Foto de Benita



2017-05-18

Cena erótica é o ponto alto do romance de Autran Dourado

 

O estilo um tanto artificioso, a destoar de certas imperícias gramaticais, parece evidenciar dois fatos. Primeiro, que foi, à moda da retórica antiga, superposto a um enredo já existente, o interessante caso de sexo proibido que só poderia dar em tragédia; segundo, que Autran Dourado não convivia bem, à altura em que escreveu Ópera dos mortos (1967), com o fato de ser um escritor mineiro depois de Guimarães Rosa.

A história se passa em cidadezinha imaginária surgida em torno de uma igreja entre Ouro Preto e São Paulo, em algum ponto do Sul de Minas. No primeiro capítulo, intitulado “O sobrado”, o narrador meio riobaldiano apresenta ao ouvinte imaginário a casa onde morava Rosalina, filha única do coronel Honório Cota, um gentleman provinciano que buscara atenuar a memória de seu terrível pai, Lucas Procópio.

Aos poucos, num ritmo que acompanha as incursões do narrador, já promovido de habitante comum da cidade a ente capacitado para transcrever a consciência...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com





Sugestão de Leitura


Hospício é Deus

  Há consensos elementares dos quais o louco não logra participar. Nem ele nem os escritores que penetram de fato no absurd ...

O professor Jeremias

O desfecho que leva à risada filosófica já é um belo saldo. A cena final de O professor Jeremias (1920), protagonizad ...

Jorge, um brasileiro

Pense num Riobaldo caminhoneiro. Agora, pense num Riobaldo que não tenha grandes coisas a dizer: sem metafísica, sem experiên ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2018 REVISTAPESSOA.COM