Imagem 1499017028.jpg

Ato

Acervo da autora



2017-07-01

Esta coluna decide não escrever NADA.

Ela repudia o não cumprimento da lei dos salários dos funcionários públicos do Estado do Rio de Janeiro.

O desmonte salarial e laboral da

Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Para todos os que dedicaram sua vida à palavra – a sala de aula – é ela que nos falta agora.

Na exata medida da falta de respeito com que tratam o seu [nosso] trabalho.

Violento silenciamento.

Ausência e impotência da palavra.

Pelo pagamento dos salários!

 

 



Ana Kiffer

É Professora da Pós-Graduação em Literatura, Cultura e Contemporaneidade da PUC-Rio, Cientista do Estado pela FAPERJ e Bolsista de Produtividade no CNPq. Curadora convidada da Bienal de SP 2021. É escritora, com livros como Tiráspola e Desaparecimentos, Editora Garupa, 2016, A punhalada, 7Letras, 2016, Todo Mar, Urutau, 2018; colunista da Revista Literária Pessoa, pesquisadora da obra do escritor francês Antonin Artaud, vem desenvolvendo há muitos anos uma investigação sobre os diversos modos de relação entre os corpos e a escrita. Autora do livro Antonin Artaud, EDUERJ, 2016, e com Gabriel Giorgi Ódios Políticos e Politica do Ódio, RJ: Bazar do Tempo, 2019 e Las Vueltas del ódio, BA: Eterna Cadência, 2020. Organizadora do livro A Perda de Si – cartas de A. Artaud, Rocco, 2017; e das coletâneas Sobre o Corpo 7Letras, 2016, Expansões Contemporâneasliteratura e outras formas, com Florência Garramuno, UFMG, 2014, entre outros artigos e ensaios.  Fotografada por Aline Macedo.




Sugestão de Leitura


Escrever desde o Sul. 9

  com o coração na garganta   a gente lembra com a perna o quanto o tempo parou "Vingar", de Da ...

escrever desde o Sul. 8

  nunca conheci o meu avô paterno. Sebastiao Kiffer, o Coca. meu pai, que cada vez mais vem se lembrando da sua infânci ...

escrever desde o Sul. 7

  quando se perde um amor, ou a ideia de um amor, ou um possível amor, ou uma possibilidade quiçá de que isso seria ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM