Imagem 1500580494.jpg

A casa de Mário de Andrade

Acervo da autora



2017-07-20

Para a turma do CLIPE| Prosa | Casa Mário de Andrade
Mas Cheyne Row está arruinada; e a casa de Carlyle já tem a aparência de algo preservado à força [...] 
A casa de Carlyle e outros esboços. Virginia Woolf.

 

Vim por um caminho longo, cheguei por pura desatenção. A vida tem disso, o desejo nunca segue em linha reta. 

Sem surpresas, a ponte aérea. O táxi para Jardim São Paulo, na zona leste, também. Barra Funda ficava para mais tarde, a emoção em tempo de engano, o nome da estação guardado de memória, esquecido. Marechal Deodoro, mais perto, sem tantas esquinas de permeio, sucumbiu a Barra Funda (o caminho longo), presente nos ecos de Mário.

Pode a gente chegar de forma simples ao anseio? Entrei reverente, pedi uma licença sem razão, feita de entrega ao mistério, de ver-me nota numa pauta, em que gostaria de soar, música em tempos idos. Três degraus para a minúscula varanda, um banco, a caricatura, o móbile com óculos e queixo do escritor que me seduziu por névoas e clarezas. A dificuldade de compreender bem o lugar do Frederico Paciência, da prima Maria, da catedral de Ruão, do peru de Natal e de certa camisolinha. Devia ser pelo tempo em que já sabia das artimanhas da...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$0,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$0,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Nilma Lacerda
Nilma Lacerda nasceu no Rio de Janeiro, onde vive. Autora de Manual de Tapeçaria, Sortes de Villamor, Pena de Ganso, Cartas do São Francisco: Conversas com Rilke à Beira do Rio, tem publicados ensaios e artigos científicos. Professora da Universidade Federal Fluminense e também tradutora, recebeu vários prêmios por sua obra, dentre os quais o Jabuti, o Prêmio Rio e o Prêmio Brasília de Literatura Infantojuvenil. No site da revista Pessoa, na Coluna Ladrinhos, Nilma publica quinzenalmente trechos das páginas lusófonas do Diário de navegação da palavra escrita na América Latina. O texto  ganhou talhe ficcional para publicação em Mapas de viagem, volume de contos que é fruto  de um projeto de formação de leitores. Ela também contribui com crônicas sobre o universo literário.



Artigos Relacionados


Fulgor na noite baça

  Quando Troia esteve em Amsterdam, Conheci de outra forma a cidade cantada por Homero.  Por terras e águas de Spinoza, ...

A língua na olaria

  Abracei, em língua portuguesa, uma mulher que voltava a Portugal, depois de quarenta anos na Venezuela. A dedicatória em ...

N’A cidade de Ulisses

  Era uma enfermeira, sabia de curas. Entusiasmada, me falou de Os anjos, me ensinou o endereço, continuou as louvaçõ ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2017 REVISTAPESSOA.COM