Imagem 1521652188.jpg

Agreste matéria: o trabalho poético de José Luiz Tavares

Recorte da capa do livro. Divulgação



2018-03-20

 

José Luiz Tavares assume, neste volume, a primazia da metapoética, isto é, do discurso poético sobre o próprio fazer poético. E, como se viu, é complementar da inquirição sobre a existência e condição humana. É por isso que uma parte significativa do começo deste novo livro é composta por textos saídos de Agreste matéria mundo, aquele que mais demoradamente, logo a partir do título, interrogava a questão fulcral da escrita, do ser no mundo da palavra, do seu fazer situado no mundo ou em relação com ele: o ofício, a atividade, a consciência ou intempestividade do labor, a sua verdadeira estranheza

 

 

1 – O livro Contrabando de cinzas (Revisitação & Súmula), de José Luiz Tavares, publicado em 2016, em São Paulo, pela editora Escrituras, é, segundo as próprias palavras insertas no subtítulo, uma revisitação da sua obra, capturando o que nela pode ser apresentado como súmula de um percurso de escrita.

A imagem do “contrabando”, muito cara a certos poetas irónicos (o angolano David Mestre teria gostado dessa palavrinha), condiz ajustadamente com a perícia de fintar as significações pré-estabelecidas no dicionário e chegar mais além da linguagem, onde o sentido se instaura na mente do leitor. Esse é um contrabando de “cinzas”, ou o que resta das palavras e do real, muito aquém de factos (da chamada realidade). Convém, pois, relembrar sempre a psicanálise de Lacan, segundo a qual o real não penetra no texto, e é evidente que Tavares, embora convoque referentes do “mundo”, tem consciência da difícil circulação entre os membros do quadrinómio mundo-poeta-palavra-leitor.

A sua poesia não fala de outro...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


José Luís Pires Laranjeira

É professor da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Responsável pelas cadeiras de Literaturas Africanas, desde o ano letivo de 1980-81, e de Culturas Africanas. Leciona também literatura brasileira, cultura brasileira e estudos culturais (Universidade de Salamanca).




Desenvolvido por:
© Copyright 2018 REVISTAPESSOA.COM