Imagem 1530774869.jpg

Culto ao capitalismo ou representação de força transformadora?

Frame do clipe Apeshit, de Beyoncé e Jay-Z



2018-07-05

 

Em conversa por e-mail, a curadora e pesquisadora Pollyana Quintella, de 25 anos, e o escritor e historiador da arte Rafael Cardoso, de 54 anos, reexaminam o debate em torno da indústria do entretenimento e sua força simbólica a partir do clipe Apeshit dos The Carters, de Beyoncé e Jay-Z, gravado no louvre.

 

 

Em 25 de junho de 2018 22:33, Pollyana Quintella escreveu:

Rafael, conversávamos sobre a recepção que o clipe de Beyoncé e Jay-Z teve na esfera mais conservadora. O meu comentário, diante do texto de uma crítica para um jornal de ampla circulação, era de que há uma certa elite finalmente desconfortável com uma reexaminação da produção simbólica no presente. No clipe, o casal se coloca na frente de pinturas e esculturas que definem as relações de poder e os padrões estéticos do ocidente, reivindicando o seu lugar na narrativa histórica.

Por outro lado, não me parece ser nos jornais onde essa discussão acontece....

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Revista Pessoa
 



Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM