Imagem 1533904849.jpg

Vestígios da colonização

Estação de trem de Lourenço Marques, 1935. Claus Bunk



2018-08-10

 

Para além da imagem, há na construção textual de Isabela uma ambivalência que me parece da mesma ordem. Seu fraseado revela uma estrutura muito sutil de alternância de dois olhares: o infantil e o racista. E o efeito que isso produz é brutal. Essa oposição construída sem alarde é responsável por solapar qualquer tom edificante que um desavisado leitor pudesse esperar daquelas páginas.

 

A literatura de Isabela Figueiredo pode ser lida sob o signo da “mácula” – como uma grande imagem, que vai e volta , mas também no estilo que constrói em seus dois livros lançados no Brasil, este ano, pela Todavia.

Em seu romance mais recente, A gorda, a imagem aparece quase como uma declaração de princípios: “Tenho a certeza de que quero viver suja dos piores dias e dos melhores. Com manchas de urina seca nos tornozelos”.

É, no entanto, no livro em que narra suas memórias da infância em Moçambique, onde nasceu, que a oposição pureza-impureza, asseio-sujeira, sobressai. “Não havia forma...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Rita Palmeira

É crítica literária e editora. Doutora em Literatura Brasileira pela USP e mestre em Teoria e História Literária pela Unicamp, escreve sobre livros de ficção e edita livros de não ficção.




Sugestão de Leitura


Diário de instantâneos em versos breves

  Basta que as crianças aprendam a falar e a perguntar para os pais começarem a ecoar as gracinhas dos filhos, sempre enunc ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM