Imagem 1551705828.jpg

Amor e Revolução - I

Foto de Justin Schuler. Casa do terror. Budapeste, Hungria



2019-03-04

Nada hoje nos permite imaginar. Escrever sem imaginação é como pegar numa arma. Matar ou morrer. [ela disse]. São tantas e sucessivas mortes. E como amar ainda assim o mundo se a revolução que vivemos... Vivemos? [ele disse].

 

On dit qu’il n’y a pas d’amour heureux.
En fait, il n’y a pas d’amour licite.


Diz-se que não há amor feliz.
De fato, o que não há é amor lícito.

M. Foucault

Liceat vivere [alguém disse].

*

 

Escrever sem imaginação é como pegar numa arma. Matar ou morrer. [ela disse].

*

Nunca houve amor sem revolução. [ela disse]. Não é que a revolução porte o amor. Nem que todo amor seja revolucionário. Se bem que. [ela reflete]. Quando amo. Quando amo. Porque te amo. Digo: te amo. Te amo no mesmo instante em que quero mudar o mundo. [ela afirma].

Nesse momento já não me importo se desapareço. Que fique o mundo. Te amo quando te deixo o mundo. [ela disse].

Não quero que me deixe. Nunca conseguirei ultrapassar. [ele disse]. Estamos ultrapassando o mundo. Meu amor. [ela responde].

*

Não. Não. Nunca estivemos prontos. Nem a revolução. Sempre foi cedo ou tarde. Demais. Tudo o que vivi. Vivemos? [alguém disse].

*

Estou de olho...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Ana Kiffer
Professora Associada da Pós-Graduação em Literatura, Cultura e Contemporaneidade da PUC-Rio, escritora, curadora da Exposição ‘Cadernos do Corpo’ (CCJF, 2016), uma das fundadoras da Revista DR, pesquisadora da obra do francês Antonin Artaud. Autora dos livros A punhalada [poesia], (7Letras, 2016, coleção Megamini), Antonin Artaud (EDUERJ, 2016), e das coletâneas Sobre o Corpo (7Letras, 2016), Expansões Contemporâneas – literatura e outras formas (UFMG, 2014), Experiência e Arte Contemporânea (Ed. Circuito, 2013), entre outros artigos e ensaios.



Sugestão de Leitura


amor e revolução.3

  il n’y a plus appropriation à la personalité de l’activité musculaire, le sujet a l’impression ...

amor e revolução. 2

  as violências simbólicas, condizentes na maior parte das vezes com as violências físicas, modelam as subje ...

do exílio.6 – os corpos e as cidades

  the self-governing many were not just men, but manly men. Giulia SISSA     fecham-se as janelas. trabalho. esque ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM