Imagem 1559982246.jpg

Meu pequeno dicionário aleatório



2019-06-08

Os amigos e os desconhecidos me escrevem no privado para sugerir palavras e expressões. Algumas uso, outras, não. Muitas não me dizem nada; outras me parecem tão curiosas que logo me dão coceiras. Preciso dispor logo. Tasco na timeline do Facebook. E vão as pessoas se ocupar delas, dizer como as usam, se variam. Engraçado é como alguns poucos se detêm para legislar. Que sanha prescritivista o ser humano tem, não? Não pode sequer deixar o outro falar em paz. Vez em quando, aparece um ou uma dizendo que “o certo é” assim ou assado. E eu corro lá a reparar que não, que há variações que convivem muito bem. Cá é assim, lá é assado. E quando será que a diferença se instalou?

 

Pelanca. Estribado. Saliência. E além dessas palavras e alguns exemplos de uso, expressões como “jogar de grila”. Há algumas semanas, resolvi colocar palavras e expressões do dia ou da noite (da semana, da madrugada, conforme o que der na veneta) no Facebook, a ver o que acontecia. Mas não havia nisso pretensão alguma. Apenas uma vontade danada de gastar as palavras, usá-las, pô-las para fora e reexperimentá-las. Estranhá-las, talvez. E o fiz.

Para minha surpresa, muitas pessoas, conhecidas e não, passaram a comentar essas palavras e expressões, dar novos exemplos de uso diferentes do meu. Juntamente com isso, surgiram as variações...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Ana Elisa Ribeiro

É mineira de Belo Horizonte, onde trabalha e reside. É professora e pesquisadora do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, onde atua na área de Linguagem e Tecnologia, em três níveis de ensino. Publicou mais de trinta livros para crianças, adolescentes e adultos, sendo os mais recentes os poemários Álbum (Relicário, 2018) e Dicionário de Imprecisões (Impressões de Minas, 2019). É colunista do Digestivo Cultural e da Revista Pessoa. Fotografada por Sérgio Karam.




Sugestão de Leitura


Objeto indireto

  Fui pôr o lixo para fora, na rua, numa sexta-feira à noite. O caminhão nem tinha apontado ainda, não ouvi o ...

Vírgulas a mais

  Já escrevi tanto sobre a revisão de textos. Há anos me dedico a tratar dessa tarefa como algo nobre nos ciclos de ...

Do efêmero e do oblongo

  Desde o advento das redes sociais on-line é que passamos a usar a palavra “roubartilhar”, que de roubo, propriamente ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM