Imagem 1572519936.jpg

O engano de Ruy Castro e a última carta de Rosa

Foto: Guimarães Rosa. Viagem pelo sertão de Minas Gerais, 1952 - Reprodução



2019-10-31

Ruy Castro dá a entender que Rosa não conviveu com “vaqueiros, jagunços e sertanejos com aquela fala tão própria”. Conviveu sim e muito. Desde a infância. O menino Joãozito não precisou ir ao sertão, o sertão vinha até ele todos os dias.

 

Quando as cartas começaram a se aproximar de 1960 a onda de tristeza foi se erguendo na alma. Sabia o ano em que elas iriam cessar. O fio da vida de Guimarães Rosa seria cortado em 19 de novembro de 1967. E me perguntava o que estaria escrito na última carta.

Enfrentei uma odisséia para estar ali, naquela tarde de outubro de 2019, consultando parte da correspondência do escritor. Três anos antes, em agosto de 2016, conhecera o lindo museu Casa de Guimarães Rosa, o mais visitado de Minas Gerais. Ali o menino Joãozito nasceu e viveu até oito anos, quando...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Marcos Alvito

É historiador e antropóloggo. Foi professor da UFF por 32 anos. Conseguiu sua alforria em 2016 e passou a dedicar-se à literatura, sobretudo ao estudo de Grande sertão: veredas.




Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM