Imagem livro-codigo-do-bom-tom-.jpg

Exercícios de caligrafia



2015-06-29

Etiqueta. Publicado em Portugal, em 1845, e difundido no Brasil, o Código do Bom-Tom ou regras de civilidade e de bem viver no século XIX, do padre J. I. Roquette, oferece, sob a forma de relato ficcional, modelos de conduta bem-educada no convívio em sociedade. Inspirada na etiqueta francesa, a obra ensina como proceder em “jantares e banquetes”, a adequação nos “cumprimentos”, o correto tratamento de “pais e parentes” etc. Dedica todo um capítulo aos diálogos por meio da correspondência. No tópico “Contextura das cartas”, aconselha a elaboração de rascunho, assegurando, desse modo, a existência de uma cópia da mensagem e, ao mesmo tempo, favorecendo o apuro no “estilo e linguagem”; determina a redação de próprio punho, “maiormente a pessoas de autoridade e respeito” (p. 269), a adequação na escolha do suporte (“o papel deve ser proporcionado às pessoas, idade, sexo, condição dos correspondentes”, p. 270), o zelo na escritura, que não admite erros de ortografia, borrões, nódoas ou rasuras....

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Marcos Antonio de Moraes
Marcos Antonio de Moraes é graduado em Letras; mestre e doutor em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo. Docente e pesquisador do Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo. Membro da Equipe Mário de Andrade no IEB-USP. Desenvolve pesquisas interdisciplinares, focalizando as relações entre literatura brasileira e memorialismo (correspondência de escritores). Recebeu o Prêmio Jabuti de melhor livro na categoria Teoria/Crítica Literária, pela obra Câmara Cascudo e Mário de Andrade – cartas 1924-1944 (Global, 2010). Recebeu o prêmio Jabuti na categoria Ensaio e Biografia com o livro Correspondência Mário de Andrade & Manuel Bandeira (Edusp/IEB, 2000).




Sugestão de Leitura


Dezembros

Para Mirna Queiroz Sociabilidade. Além daquilo que a memória preserva em cores fortes (mas instáveis), restou pouca coisa da casa dos Moraes, meu ...

Turbulenta diáspora (exílios, ainda)

Trajetória. Em resposta ao semanário paulistano que, sem fundamentação, noticiara o seu vínculo, na juventude, com o integralismo, Mário Pedrosa ...

Pássaros frenéticos

Fronteiras. “O exílio é uma experiência terrível”, assegura o antropólogo Darcy Ribeiro em suas Confissões (1997). Em 1964, aos 42 anos, tangido ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM