Imagem 1586968271.jpg

Carta a Sérgio Alcides

Foto: Sunyu



2020-04-23

A missiva faz parte de Cartas de um outro tempo, projeto que procura captar a sensibilidade de figuras do campo cultural à nova realidade imposta pela pandemia, num mundo vazio visto das nossas janelas. 

 

Sérgio, querido amigo,

Chegou a sua carta, que lhe agradeço muito. Porque fala da nossa sólida e já antiga amizade, e procura argumentos nas minhas próprias frases. Folgo que tenha apreciado o pequeno ensaio sobre o Jogo – escrito assim com maiúscula, já que tem um estatuto equivalente, senão superior, ao dos deuses: é ele o mestre. A epidemia é uma jogada efémera dentro do que se joga. Ora, esse texto que lhe enviei forma o décimo-segundo capítulo de um livro planeado, Elogio da descrença, que muito se tem alimentado da minha situação de confinamento. 

Quando se começou a falar em pandemia, procurei...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


ASSINATURA

DESDE R$ 39,00

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


ASSINATURA

DESDE R$ 39,00

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


António Vieira

António Vieira (Lisboa, 1941) trabalha em literatura (ensaio, ficção). Publicou, entre outros livros, Olhares de Orfeu (Lisboa: & etc., 2013), o romance Doutor Fausto (Lisboa: INCM, 1991; 2ª ed. Rio de Janeiro: Topbooks, 2013) e Ensaio sobre o termo da história (Lisboa: Hiena, 1994; 2ª ed. Lisboa: Fim de Século, 2009). Em paralelo, teve uma carreira universitária, entre as ciências humanas (psicopatologia) e a biologia evolucionista (etologia, evolução humana). Lecionou na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.




Desenvolvido por:
© Copyright 2020 REVISTAPESSOA.COM