Imagem 1592389151.jpg

Quiçá uma jabuticabeira

Foto: Joao Vitor Marcilio



2020-06-17

Existe uma aura falsa, hipócrita, injusta, pesada em torno de ser mãe. As pessoas olham para um pai que cuida de seus filhos como se fosse um semideus. Olha, desculpe, não é. Não faz mais que a sua obrigação. A maternidade é tão “sagrada” quanto a paternidade. Ou seja, não é. Tem muito mais relação com amor, responsabilidade, paciência e obrigação do que com auréolas. Até as auréolas, por sinal, são também um tipo de mentira.

 

Uns anos atrás, em um evento literário em Lençóis Paulista, fui dar uma caminhada e cheguei num lugar meio perdido. Sentei no chão olhando pro nada. Senta do meu lado, olhando para o mesmo nada, um senhor local. Antes que eu pudesse me refazer do estranhamento, ele diz: “Lindo né?” E então começa a fazer gestos com a mão. “Ali eu vou plantar milho.” A terra era dele, a invasora era eu. E então ele fecha os olhos, levanta um pouco a cabeça, sente o cheiro do mato no ar e continua. “Olha, não é lindo? Ali, logo ali,...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Carolina Vigna

Carolina Vigna (1971) é professora doutora em Educação, Arte e História da Cultura. Atualmente pós-doutoranda em Letras. Autora de vários artigos teóricos e 5 livros infantojuvenis. Mais no site da autora. 




Sugestão de Leitura


Os sacos plásticos possíveis

  Começo um desenho novo, afogada em culpa. Adorno não me sai da cabeça. Estou cometendo uma barbárie? Longe ...

Um e dois cafés

  O café que meu filho fez se mistura com o meu sonho, invade um espaço que é só meu e me acorda pela manh&at ...

Despressurização da cabine

  A única certeza que tenho é a da insuficiência. Às vezes precisamos usar todas as nossas forças para ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM