Imagem 1594983416.jpg

Antes que a paisagem se estilhace

Foto: Rodrigo Garcia Lopes. Divulgação



2020-07-16

Em primeira-mão, três poemas de Rodrigo Garcia Lopes que integram O enigma das Ondas. O livro vai ser publicado pela Iluminuras em agosto. Rodrigo é poeta, romancista, compositor, tradutor, ensaísta e jornalista. Tem vários livros publicados, entre eles, Nômada, Estúdio Realidade e Experiências Extraordinárias, de poesia, e O Trovador, romance policial-histórico, finalista do prêmio Oceanos de Literatura e do Prêmio São Paulo de Literatura, em 2015. 

 

 

Oniros          

Em algum lugar ao norte de Medúsia,                     
onde não há música, exilada inocência                     
na sólida paisagem que a visão                        
hipnotiza sob a ponte: a farsa                                   
de nosso futuro. Com olhos lacrimejantes,        
trovões trincam o céu de nossos afetos,
tremem a catedral de sentidos. Um corte.
Fomos contratados para um trabalho
Insondável: instalar estas cercas elétricas.      
Agora conversamos entre dispositivos
em algum resort de Bornéu ou da Normandia
com a senha Alberta a tiracolo.
O estranho veterano se detém
diante da vitrine
de uma praia de diamantes.
Há uma nave no céu.
Ecos de explosões na Galeria Steinway,

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Revista Pessoa
 



Sugestão de Leitura


Azagaia

  às mães e também às mães em minha mãe   é de muita miçanga nos fio ...

Moço em estado de sítio

  (Silêncio. Acende uma luz em Lúcio e Jean-Luc. Comem pão com queijo. Ruído de rua. Um homem idoso está ...

Palavras por uma boa morte

  Poema Zen As palavras não fazem o homem compreender, é preciso fazer-se homem para entender as palavras. Herberto ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM