Imagem 1597234632.jpg

A devoração como método

Foto: isaac Muraya



2020-08-12

Recriar o mundo na escrita, conciso e total como o de uma manga no esplendor da tarde. Um fruto duro que lembra um punho. Ou um coração extraído do peito da mata, pulsante.

 

I.

Há raízes que afundam nas lembranças da infância.
Há bulbos de peônias na floresta da minha escrita.
Há árvores que crescem dentro do silêncio.

 

          Paro, leio, releio, troco uma palavra.
          Levanto os olhos.
          O céu é uma janela total.             
          Talvez valesse a pena parar de escrever.
          E olhar apenas.         

                                     

Penso em podar a linguagem, como na estiagem podamos os galhos das árvores. Olho para o quintal: seco, é o dorso rugoso de um lagarto imenso, pré-histórico,  que dorme. It’s time to find a place to be silent with...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 3.50

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


ASSINATURA

DESDE R$ 39.00

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$ 3.50

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


ASSINATURA

DESDE R$ 39.00

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Prisca Agustoni

Nasceu e cresceu na Suíça. Atualmente vive no Brasil, em Juiz de fora (MG). É professora de literatura italiana e comparada na Universidade Federal de Juiz de Fora. Poeta, narradora, tradutora, autora de literatura infantojuvenil, escreve e se autotraduz em italiano, francês, português e espanhol. Publicou livros na Suíça, em Portugal, na Itália e no Brasil.

 




Sugestão de Leitura


O fruto da inquietação

  1. O céu tão azul, tão outro, é um abismo em cor e vertigem. Uma quase pintura de Giotto, uma imita&cced ...

Monólogo em território selvagem

  1. é disso que se trata agora sem dúvida : sobreviver em território selvagem que rói as orlas do qu ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2020 REVISTAPESSOA.COM