Imagem 1604495542.jpg

O senhor é pescador nada me falta



2020-11-02

Trabalho final da primeira edição do curso "Mais próximo do mundo", ministrado pela escritora Susana Moreira Marques na Casa Mombak

 

 

 

Sempre pensava no mar como *la mar*, que é o que o povo lhe chama em espanhol, quando o ama. Às vezes, aqueles que gostam do mar dizem mal dele, mas sempre o dizem como se ele fosse mulher. Alguns dos pescadores mais novos, os que usam bóias por flutuadores e têm barcos a motor, comprados quando os fígados de tubarão davam muito dinheiro, dizem *el mar*, que é masculino. Falavam dele como de um antagonista, um lugar, até um inimigo. Mas o velho sempre pensava no mar como feminino, como algo que entrega ou recusa favores supremos, e, se...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 3.50

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


ASSINATURA

DESDE R$ 39.00

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$ 3.50

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


ASSINATURA

DESDE R$ 39.00

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Maria João Veloso

Licenciada em Comunicação Social, Maria João Veloso é repórter há mais de 20 anos. Mãe de dois rapazes curiosos, faz os impossíveis para continuar a tradição da viagem. Coleciona  histórias que tem apanhado pelo mundo fora. Estreou-se no Semanário Euronotícias, passou pela revista Tempo e Agenda Cultural de Lisboa. Foi jornalista da UP – Revista de bordo da Tap e colaborou em simultâneo com a Visão. Nos últimos dois anos integrou o Departamento de Comunicação da Associação Nacional das Farmácias. É free-lancer e agricultora nas horas vagas. 




Desenvolvido por:
© Copyright 2020 REVISTAPESSOA.COM