Imagem 1606995982.jpg

Pássaro, começo

Foto: Ida Vitali. Divulgação



2020-12-03

Com tradução de Heloisa Jahn, publicamos alguns poemas de Ida Vitali que fazem parte de Não sonhar flores, a ser lançado em breve pela editora Roça Nova. O livro reunirá seis das 13 obras da poeta, ensaísta e tradutora, nascida em Montevideo, Uruguay, em 1923. Ida é a única poeta viva que fez parte do movimento conhecido como Geração de 45. Recebeu vários prêmios ao longo da sua carreira, tais como Octávio Paz, Reina Sofia, Afonso Reis e, por último, o Prêmio Cervantes pelo conjunto da obra. 

 

ACLIMATAÇÃO

 

Primeiro te retrais,
                            te estreitas,
perdes alma no seco,
no que não compreendes,
tentas chegar à água da vida,
atiçar uma membrana mínima,
uma folha pequena.

                                   Não sonhar flores.
O ar te sufoca.

                        Sentes a areia
reinar na manhã,
morrer o verde,
subir árido ouro.

 

Porém, e mesmo sem que ela saiba,
vinda de alguma orla
uma voz se apieda, te molha
breve, ditosamente,
como quando roças

                                   o ramo baixo de um pinheiro
já encerrada a chuva.
Então,

            contra o surdo
te ergues em...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Revista Pessoa
 



Sugestão de Leitura


A montanha que escalamos

  Ao raiar do dia, nos perguntamos onde encontrar luz    nesta sombra sem-fim? A perda que carregamos, um mar sobre o qual ca ...

Louise Glück

  As sete eras   No meu primeiro sonho o mundo aparecia o sal, o amargo, o proibido, o doce No meu segundo, eu descia eu ...

Camila Pitanga

  1   Camila Pitanga não quer o seu homem. Ela veio devolvê-lo junto com uma caixa de madeira, um presente, escul ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM