Imagem 1607685372.jpg

O futuro não veio

Imagem: do acervo do autor



2020-12-11

 

O primeiro voo

Erik Satie candidatou-se três vezes, antes dos trinta anos, à Academia de Belas-Artes. Falhou as três vezes. Ainda antes dos trinta, compôs as três gymnopédies e também as três peças em forma de pêra que na realidade eram cinco. Certa feita, Satie desenhou três espaçonaves num de seus cadernos. Chamou as suas invenções de Grands Transaériens. Pareciam trens-bala, shinkansens com barbatanas metálicas gigantes. Tinha doze paletós cinzas idênticos, mas quando um dia acordou na forma sinistra de Esoterik Satie, amassou-os todos sob os pés, despejou uma quantidade de líquidos estranhos, mas comuns naquela época, furou sua cartola com...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 3.50

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


ASSINATURA

DESDE R$ 39.00

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$ 3.50

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


ASSINATURA

DESDE R$ 39.00

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Mariano Marovatto

Mariano Marovatto nasceu no dia primeiro de abril de 1982, no Rio de Janeiro. Escreveu livros como Estirâncio (7Letras, 2019), Casa (7Letras, 2015) e Vinte e cinco poemas com Chico Alvim (Luna Parque, 2015), e gravou alguns discos, entre eles: Praia (Maravillha 8, 2013) e Selvagem (Embolacha, 2016). Como pesquisador e arquivista literário, foi responsável, entre outros trabalhos, pela organização do acervo do escritor e compositor Cacaso e pela pesquisa de inéditos e estabelecimento de texto da Poética de Ana Cristina Cesar. Recentemente organizou Os Fantasmas Inquilinos, antologia de poemas de Daniel Jonas (Todavia, 2019) e a versão em português de Silêncio de John Cage (Cobogó, no prelo). Doutor em literatura brasileira pela PUC-Rio, Mariano foi também apresentador e roteirista do programa musical Segue o som na TV Brasil entre 2009 e 2016. Toda a sua produção está disponível aqui




Sugestão de Leitura


A cidade já foi azul

  Pedra do Leme Olhar pelas janelas do trem e perceber que a vida é um diorama de intensidades aleatórias. Há dia ...

A fuga dava-se pelo Tejo

  Pijamas As entrevistas, as reuniões e as discussões são feitas de pijamas. Assim como, para os outros, o passei ...

O dilúvio veio

  Medusa Agora ela vive numa outra esquina. São novas as madeixas loiras, muito compridas, das quais ela escova violentamente u ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM