Imagem 1630057920.jpg

Esponja de sotaque

Foto: Afonso Morales



2021-05-25

Tenho amigos e amigas que moram em Portugal há muito, muito tempo. É claro que em razão dessa imersão toda, que começa na pele e se aprofunda corpo adentro, alguns e algumas terminam por ir falando num dialeto mediano. Talvez ajam feito camaleões e camaleoas, mudando de gingado a depender de com quem falam.


Estranhei a mensagem que recebi no WhatsApp: “Tas bem? Gostava muito de sua presença amanhã nesta live”. Li uma, duas, três vezes. Levantei a cabeça. Pensei: “quem mesmo está em Portugal?” Só então olhei bem a foto e o nome. Era um amigo brasileiríssimo, morador desta capital mineira desde um tanto, mas emigrado para terras lusas puxado por um doutorado em Coimbra. Não sei quanto tempo, ao certo, mas estimo que ele esteja por lá já há uns poucos anos. Da última vez em que nos encontramos, num evento de livraria, ele estava mesmo falando diferente, e fazia pouco...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Ana Elisa Ribeiro

É mineira de Belo Horizonte, onde trabalha e reside. É professora e pesquisadora do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, onde atua na área de Linguagem e Tecnologia, em três níveis de ensino. Publicou mais de trinta livros para crianças, adolescentes e adultos, sendo os mais recentes os poemários Álbum (Relicário, 2018) e Dicionário de Imprecisões (Impressões de Minas, 2019). É colunista do Digestivo Cultural e da Revista Pessoa. Fotografada por Sérgio Karam.




Sugestão de Leitura


Bye, Pessoas

  Obrigada. Eu vim aqui me despedir. Talvez eu tenha aprendido, na escola ou com minha mãe, que em despedidas a gente diz tchau, a ...

Um porquê só, e olhe lá

  Se tem uma palavra entojada em português é o porquê. Ao menos aqui por estas bandas, são quatro versõe ...

A gente gosta d’a gente

  Lembro de ler num livro literário, mais de uma vez, não sei mais de quem nem quando, uma composição que me ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2023 REVISTAPESSOA.COM