Imagem 1630416868.jpg

Essa não é uma carta-denúncia contra um governo

Foto: Joanna Kosinska



2021-09-01

Ao Brasil, com amor: uma troca mensal de cartas entre dois “estrangeiros” que nos levará até meados de 2022. Jamil Chade (em Genebra) e Juliana Monteiro (em Roma) compartilharão suas reflexões sobre o que será e quem seremos nesse momento de revolução. São cartas digitais. Mas os sentimentos, angústias e buscas são tão reais quanto seus próprios sonhos.

 

Genebra, 1 de setembro de 2021

 

Estimada Juliana,

Escrevo-te enquanto noto, a cada fim de dia, que o verão europeu se aproxima de seu adeus temporário. Nesses meses de um calor sufocante, sentimos também o vento da liberdade em nossos rostos. As medidas de restrição – tão necessárias – foram flexibilizadas. As fronteiras foram reabertas, pelo menos para alguns. Nada voltou ao normal. Talvez nunca mais voltará. Mas certa memória da autonomia de nossos corpos foi restabelecida no comando de nossas ações.

O verão termina com praticamente todos nós, adultos, vacinados pela Europa. Um acontecimento praticamente inédito na ciência por sua velocidade....

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Jamil Chade

Jornalista, graduado em Relações Internacionais. Com passagens por mais de 70 países, atualmente é colunista do UOL, El País e do Grupo Bandeirantes. De seu escritório na sede da ONU em Genebra, ele tem contribuído com veículos internacionais como The Guardian, BBC, CNN, Le Temps, Swissinfo, CCTV, Al Jazeera, France24 entre outros. É autor de cinco livros, dois dos quais foram finalistas do Prêmio Jabuti. Ele também venceu o prêmio Nicolas Bouvier, na Suíça, foi eleito duas vezes como o melhor correspondente brasileiro no exterior pela entidade Comunique-se e escolhido como um dos 40 jornalistas mais admirados do país (Maxpress). Em 2020, o jornalista venceu o principal prêmio do ano da Associação Internacional da Imprensa Esportiva por suas revelações sobre a corrupção no futebol e, em 2021, recebeu o troféu Audálio Dantas por seu trabalho sobre direitos humanos e democracia




Sugestão de Leitura


Eu te pergunto: e se optarmos por amar?

  Genebra, 3 de outubro de 2021   Prezada Juliana,   Recebi tua carta num cenário cruelmente perfe ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM