Imagem 1630510983.jpg

O coração tem moradas que nem o Google reconhece

Foto: Joanna kosinska



2021-09-02

Ao Brasil, com amor: uma troca mensal de cartas entre dois “estrangeiros” que nos levará até meados de 2022. Jamil Chade (em Genebra) e Juliana Monteiro (em Roma) compartilharão suas reflexões sobre o que será e quem seremos nesse momento de revolução. São cartas digitais. Mas os sentimentos, angústias e buscas são tão reais quanto seus próprios sonhos.

 

Roma, 2 de setembro de 2021

 

 

Querido Jamil,

Hoje Anita perguntou: “mamãe, estamos no Brasil ou em Roma?”

É uma dúvida estranha, ela tem quase sete anos, é alfabetizada e esperta. Respondi segundo a perspectiva geográfica, que moramos em Roma, a cidade onde ela nasceu, pareceu satisfeita e voltou para os unicórnios. Quando sua carta chegou, eu ainda pensava que não é tão simples responder onde estamos, principalmente depois da internet, das redes e tudo o que passamos no último ano e meio. Sobretudo quando vivemos em dois fusos. Quantas vezes por dia você é capaz de responder, honestamente e sem vacilar,...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Juliana Monteiro

Juliana Monteiro é jornalista e escreve literatura. Nasceu em Brasília, onde manteve, por quase uma década, a Rayuela, uma livraria e espaço cultural que atraiu para a capital do Brasil escritores, artistas, todo tipo de Cronópios, menestréis e vagabundos geniais. Mora atualmente em Roma. Antes viveu em Londres. É mãe de Gael e Anita. Troca cartas para compartir o espanto, desde quando a incerteza de que o escrito chegaria a tempo. Disso ainda desconfia.




Sugestão de Leitura


Precisamos impedir que se criem as condições para a barbárie

  Roma, 2 de outubro de 2021    Querido Jamil,    Há semanas quero te falar de um brasileiro que n ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM