Imagem 1636453653.jpg

"A Europa não é o lugar de sonho inclusivo que se imagina"

Foto: Patricia Portela. Por Greg Ball. Divulgação - Leya



2021-11-09

Para cada família de classe média que vive uma vida desafogada, dezenas de outras famílias, sobretudo estrangeiras, vivem miseravelmente para a sustentar, limpando-lhe e construindo-lhe as casas, varrendo o lixo, vivendo atrás de caixas registadoras ou volantes. Não é o ideal do migrante que falha, é a organização da sociedade europeia que falhou grandemente na sua base de construção.

 

Autora de performances e instalações transdisciplinares, Patrícia Portela vive entre Portugal e Bélgica. É reconhecida nacional e internacionalmente pela peculiaridade da sua obra. Recebeu vários prêmios entre eles o Prêmio Madalena Azeredo de Perdigão/F.C.G. para Flatland I e o Prêmio Teatro na Década para Wasteband. “Sou uma pessoa de bastidores. Foi assim que comecei. A paixão pela filosofia e pelo cinema, e a formação em dança também ajudaram a misturar tudo num desafiante caldeirão de influências e vontades que tento cumprir ao longo dos anos”, afirma a artista.

Autora de vários romances e novelas, como Para cima e não para Norte,...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Penélope Salles

Penélope Eiko Aragaki Salles é mestra em Letras na área de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa pela USP. Possui especialização em Linguagens das Artes pela mesma universidade. Atualmente integra o grupo de pesquisa “Colonialismo e Pós-Colonialismo em Português” (USP). 




Sugestão de Leitura


O exercício da alteridade

  Paula Fábrio estreou na literatura infantojuvenil, em 2019, com No Corredor dos Cobogós (SM), vencedor do Prêmio de ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM