Imagem 1637575781.jpg

Bendita ordem alfabética

Foto: Alfons Morales



2021-11-22

 

Uns fatos puxam os outros. Meu sobrinho de três anos, preguiçoso para falar, anda lendo uma almofada estampada com o alfabeto. Só vai aprender errado uma letra: na estampa, o O tem forma de coração. É o de menos. Pior mesmo é como ele lê: ei, bi, ci, di... Efeitos de assistir a tanto vídeo gringo no YouTube. Já debati com minha irmã, progenitora do pimpolho: é praticamente bilingue; não, não exagere; ou então vai escrever antes de falar. Algo assim.

Pensando na bendita ordem alfabética, para além da almofada de letrinhas, lembrei de quando aprendi essa tecnologia de busca. Era...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Ana Elisa Ribeiro

É mineira de Belo Horizonte, onde trabalha e reside. É professora e pesquisadora do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, onde atua na área de Linguagem e Tecnologia, em três níveis de ensino. Publicou mais de trinta livros para crianças, adolescentes e adultos, sendo os mais recentes os poemários Álbum (Relicário, 2018) e Dicionário de Imprecisões (Impressões de Minas, 2019). É colunista do Digestivo Cultural e da Revista Pessoa. Fotografada por Sérgio Karam.




Sugestão de Leitura


Aula de português (drummondiana)

  Gosto das redes sociais apenas porque elas me dão assunto. É como uma enorme vizinhança que pouco ou nada se conhe ...

Esses, erres e o bafafá

  Tive um amigo gringo que achava a coisa mais esquisita do planeta que, em português, existisse um verbo para levar e outro para t ...

Objeto indireto

  Fui pôr o lixo para fora, na rua, numa sexta-feira à noite. O caminhão nem tinha apontado ainda, não ouvi o ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2021 REVISTAPESSOA.COM