Imagem sd83A1922016161303V98IM.jpg

Território épico



2015-11-25

Tenho uma coleo daqueles brinquedos antigos, pequenas marionetes de bichos de madeira, fixados sobre um mini tonel que, quando pressionados por baixo, movem articulaes como o pescoo, as patas, o rabo. So mais de cinquenta, vindos de todas as partes do mundo: Brasil, Hungria, Alemanha, Estados Unidos,  Eslovquia, Japo. So vacas, burros, girafas, lees, um dinossauro, um rob, cachorros, gatos, namorados, ladres. So de plstico barato, de madeira, mal feitos, caprichados, amarelos, azuis, cor de madeira mesmo, verdes, vermelhos.

No sei por que os coleciono, mas h algo nas colees que as explicaes s atrapalham. Faz parte inerente ao ato de...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Noemi Jaffe

Noemi Jaffe nasceu em 1962, em São Paulo. É escritora, professora de escrita e de literatura e crítica literária. Publicou O que os cegos estão sonhando? (ed. 34), Não está mais aqui quem falou (Companhia das Letras) e Írisz: as orquídeas (Companhia das Letras), entre outros. É criadora da Escrevedeira Centro Cultural Literário. Vive em São Paulo.

 




Sugest�o de Leitura


Das coisas que lembro sobre meu pai

- ele sempre perguntava, para os amigos que chegavam em casa: "O que você acha da conjuntura política e econômica internacional?"- ele tinha ...

Golpes

Um dos maiores aprendizados para as pessoas que pesquisam a memória do holocausto, como eu fiz e faço, é a dificuldade em representar o test ...

Para inveja: potinhos

Potinhos. Só aprendi a dar importância a eles depois de uma estada de duas horas, entre a 1 e as 3 da manhã, em Esalem, um centro de vivênc ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2023 REVISTAPESSOA.COM