Imagem 1658235043.jpg

"Sim, chegou a hora do encontro"



2022-07-19

Ao Brasil, com amor: uma troca mensal de cartas entre Jamil Chade (em Genebra) e Juliana Monteiro (em Roma) encerra hoje. Durante os últimos dez meses, os jornalistas compartilharam suas reflexões sobre o que será e quem seremos nesse momento de revolução. São cartas digitais. Mas os sentimentos, angústias e buscas são tão reais quanto seus próprios sonhos.

 

Genebra, 19 de julho de 2022

Querida Juliana,

Aceito tua convocação para a rua, para a luta, para a lua. 

Recebo como um prêmio e celebro teu generoso convite para um café, um aroma que faz parte do que meus sentidos identificam como lar. Mas um aroma que também fez parte da construção de um Brasil que, hoje, me pergunto se faz sentido.

Sim, você tem toda razão. Após dois anos de pandemia e do desmonte de tantas certezas, precisamos do encontro inclusive para saber quem somos, quem de fato amamos e quem não queremos ao lado.

Nas dez cartas que recebi de você ao...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


MICROPAGAMENTO

R$ 6.80

ou

€ 1,10

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.


  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Jamil Chade

Jornalista, graduado em Relações Internacionais. Com passagens por mais de 70 países, atualmente é colunista do UOL, El País e do Grupo Bandeirantes. De seu escritório na sede da ONU em Genebra, ele tem contribuído com veículos internacionais como The Guardian, BBC, CNN, Le Temps, Swissinfo, CCTV, Al Jazeera, France24 entre outros. É autor de cinco livros, dois dos quais foram finalistas do Prêmio Jabuti. Ele também venceu o prêmio Nicolas Bouvier, na Suíça, foi eleito duas vezes como o melhor correspondente brasileiro no exterior pela entidade Comunique-se e escolhido como um dos 40 jornalistas mais admirados do país (Maxpress). Em 2020, o jornalista venceu o principal prêmio do ano da Associação Internacional da Imprensa Esportiva por suas revelações sobre a corrupção no futebol e, em 2021, recebeu o troféu Audálio Dantas por seu trabalho sobre direitos humanos e democracia




Sugestão de Leitura


A ameaça é muito maior

  Genebra, 1 de julho de 2022   Prezada Juliana Li nos jornais espanhóis uma notícia que desfarelou meu cora& ...

“Inimigo?”

  Genebra, 19 de abril de 2022   Querida Juliana,   Você deve já ter percebido como a primav ...

"Como vamos explicar no futuro essa pornografia moral?"

  Genebra, 15 de março de 2022   Prezada Juliana, Olhando para o chão, vejo vários papéis amass ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2022 REVISTAPESSOA.COM