Imagem pa818122016200334S87FJ.jpg

Uma das coisas que mais me deixam descabelada nas traduções é a pontuação. Não deveria, a rigor, já que as regras de pontuação em inglês e português são quase iguais em muitos aspectos. Mas os usos e costumes não são, e é aí que vivo meu tormento particular.

Muitos dos autores brasileiros que traduzi têm o hábito de juntar com vírgulas o que – pela norma culta – provavelmente seriam frases individuais, como se fossem orações de uma frase maior. Isto é, colocam uma vírgula onde poderia ter um ponto final. E o leitor brasileiro lê essas frases com a maior serenidade.

Teoricamente, se as regras são iguais, a quebra das mesmas deveria ser mantida na tradução, certo? Cheguei à conclusão de que não necessariamente – o que vem a ser conclusão nenhuma. Quando essas frases são traduzidas para o inglês mantendo a mesma pontuação ficam muito esquisitas, como se o leitor passasse por cima de uma lombada quadrada toda vez que...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Alison Entrekin

Alison Entrekin é tradutora literária australiana radicada no Brasil. Verteu para o inglês Cidade de Deus, do Paulo Lins, O filho eterno, do Cristovão Tezza, Perto do coração selvagem, da Clarice Lispector e Budapeste, do Chico Buarque, entre outros. Trabalha atualmente na tradução de Grande SertãoVeredas, de Guimarães Rosa, com patrocínio do Itau Cultural.




Sugestão de Leitura


Diário da Travessia IIII

  Uma faixa grande acima da porta diz: “Aqui já é sertão”. Estou em Cordisburgo, uma cidade pequena no i ...

Diário da Travessia III

  Já atravessei um deserto físico, o Nullarbor Plain, no meião da minha terra. Lá, como a raiz latina sugere, ...

Diário da Travessia II

  Virou esporte. As pessoas me perguntam: Como você vai traduzir tal coisa [insere aqui o neologismo de sua preferência]? E i ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM