Imagem diego-vinhas-674x1024.jpg

Alguma lição para tomar a vida emprestada



2014-07-15

Quando lançou seu livro de poemas, “Primeiro as coisas morrem”, em 2004, aos 24 anos, o cearense Diego Vinhas foi apontado por uma parcela da crítica e de outros poetas brasileiros – e falar da produção da poesia, ou da prosa, ou de uma literatura feita nessa enormidade de país, é sempre falar de um recorte, parcela, fragmento -, como a grande promessa, a grande revelação que se colocava, então, dentro de um cenário difícil, mas extenso, uma grande aposta. Em verdade, há sempre um interesse e animação e curiosidade por uma produção que aponte certo frescor, talvez com uma...

Continuar lendo

AINDA NÃO TEM PLANO? SELECIONE:

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA



  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição

MICROPAGAMENTO

R$1,99

APENAS ESTE ARTIGO

  1. Você pode acessar apenas o artigo que pretender ler. Faça um micropagamento para baixa-lo. É facil.

  2. A compra avulsa de um artigo não dá acesso ao conteúdo integral da revista.

ASSINATURA

DESDE R$12,90

PARA TODO O CONTEÚDO DA REVISTA





  1. - Prioridade na participação de eventos organizados
  2. - Descontos em títulos lançados pela Pessoa
  3. - Envio de newsletter com os destaques da edição
  1. As assinaturas e os micropagamentos são necessários para manter a Revista Pessoa

  2. Precisa de ajuda ou mais informação?
  3. Entre em contato:
  4. revistapessoa@revistapessoa.com


Carlos Augusto Lima

Carlos Augusto Lima é poeta e professor de literatura. Publicou Objetos (Alpharrábio Editora), Vinte e sete de janeiro (Lumme Editor), Manual de Acrobacias n.1 (Editora da Casa), O Livro da Espera (Alpharrábio Editora), Três poemas do lugar (La Barca) e Alcance a graça do verso (Edição do Autor).




Sugestão de Leitura


Poemas como um truque bem feito: um aplauso

Gosto da expressão “olhar de sobrolho”. Acho-a pura imagem, já se vê o que ela indica, a cara cômica, máscara desconfiada, uma caricatura.   ...

Dançando sozinho um bolero elétrico num salão chinês

Salão Chinês, livro de Antônio LaCarne, lançado recentíssimo pela Patuá Editora, bem poderia ser a base ou toda a narrativa de um libreto para um ...

Preencher um deserto, o excesso

Há uma expressão de uso comum, que atravessa várias das ordens da linguagem, um clichê, certamente remetida a uma natureza religiosa, que trata d ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM