Márcio-André

Márcio-André é poeta, ensaísta, tradutor, artista sonoro e visual nascido no Rio de Janeiro e radicado na Espanha. Publicou Intradoxos (2007) e Ensaios Radioativos (2008) e fundou o coletivo, revista e editora Confraria do Vento. Deu aula de escrita criativa na Universidade de Coimbra e recebeu, em 2008, a bolsa FBN. Traduzido para mais de dez idiomas e presente em inúmeras publicações internacionais, foi poeta convidado em alguns dos principais festivais europeus, latino-americanos, dos EUA e Canadá. Em 2007, realizou uma “leitura suicida” nas ruínas da cidade fantasma de Prypiat, Chernobyl.
Recomendado

Gesto e esquecimento no túmulo de Ezra Pound

2016-01-08
Tabacaria
A visita ao túmulo de Ezra Pound foi certamente o momento mágico da minha estadia em Veneza. Estive na cidade a semana passada para realizar uma leitura no colóquio Transmedia ...

Desvendando o livro fantasma de Paul Valéry

2014-08-18
Tabacaria
tornar puramente possível tudo o que existe Alfabeto, Valéry Como tudo o que existe e é definitivo, a materialização de Poemas Apócrifos de Paul Valéry (Confraria do Vento, ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM