Claudia Nina

Claudia Nina
Recomendado

O que deu para fazer em matéria de história de amor

2012-09-16
Terceiro Caderno
“É nos detalhes que, tenho esperança, esteja o todo que busco. Este, privado daqueles, esfarela-se.” De farelo em farelo, somando as indecisões, os detalhes desimportantes (ou ...

Livro de contos revela a grandeza da vida cotidiana

2012-07-30
Terceiro Caderno
“O segredo está nas palavras”. A frase é pinçada de Aquela água toda (o título é quase um verso, pois cabe um mundo dentro dele), que reúne contos miúdos e cotidianos, sem roc ...

Centopeia

2012-06-21
Pessoinha
Tudo naquela manhã de sol parecia estar nos seus devidos lugares: os livros na estante, o sofá na sala, os quadros na parede, as flores no vaso, uma menina acordando... Epa! ...

Habitar os vazios deixados pelo vendaval

2012-05-21
Terceiro Caderno
Temeroso dizer que uma seleção de contos (ou de ficções, como prefere a autora), é delicada. Com facilidade, a leitura pode desviar-se para uma interpretação falsa de que esta ...

Do fundo do poço se vê a lua

2012-03-11
Colunistas
Li Do fundo do poço se vê a lua, de Joca Reiners Terron, com uma frase de Albert Camus na cabeça: “Todo o país onde não me entedio é um país que nada me ensina”. O trecho está ...

Silêncio! Os homens precisam falar

2012-03-11
Terceiro Caderno
Ninguém duvida: os personagens homens do mais recente romance de Inês Pedrosa, Os íntimos, são donos de suas próprias palavras. Inês declina no masculino como ninguém. Que tre ...

Um Erro Emocional

2012-03-11
Terceiro Caderno
Há romances que terminam onde acabam. Outros se reproduzem em histórias paralelas, fazem cruzamento com outros livros, outras ideias. E nem precisa ser obra-prima para uma inq ...

Sobras roubadas da morte

2012-03-11
Terceiro Caderno
Tão caudalosa a viagem pelo mais sombrio interior de Moçambique em Rio dos bons sinais, de Nelson Saúte, que é preciso fôlego. Ainda bem que são contos, histórias bem curtas – ...

Retratos Imorais

2012-03-11
Terceiro Caderno
Ronaldo Correia de Brito tenta justificar, em um posfácio, o temor inicial de que as narrativas reunidas em Retratos imorais não tivessem uma unidade. Alguns textos mais antig ...

A duração do dia

2012-03-11
Terceiro Caderno
A escrita de Adélia Prado ganha com facilidade o rótulo de “simples”. Talvez seja porque a leitura de tudo o que ela produz remeta o leitor quase imediatamente à imagem da sen ...

O Homem que não cabia no seu século

2012-03-11
Terceiro Caderno
Gosto cada vez mais de quem escreve menos. E não é só uma questão de dizer o essencial – “falar o que realmente importa”, em boa literatura, pode desandar em clichê. O caminho ...

Filhos da Pátria

2012-03-11
Terceiro Caderno
Nem o relato mais jornalístico dá conta de tanta verdade. O angolano João Melo parece saber disso. Nos contos de Filhos da pátria – título mais do que acertado – ele reúne his ...

Carvão animal

2012-03-11
Terceiro Caderno
É chover no molhado dizer que a literatura de Ana Paula Maia fala da realidade bruta, suja, malfeita, fedida, cadavérica e tudo o que há de mais “delicado” e “suave” neste mun ...

O estranho mundo cão de baltazar serapião

2012-03-11
Terceiro Caderno
Ainda que não esteja escrevendo poesia, valter hugo mãe, português nascido em Angola, é um poeta de mão cheia mesmo no âmbito da narrativa. O romance o remorso de baltazar ser ...

A memória de um crime

2012-03-11
Terceiro Caderno
Abrigado à sombra das estantes, cheias de livros e remédios, o narrador-personagem deste breve romance de estreia do acadêmico Marco Lucchesi, O dom do crime, é aconselhado pe ...

Raspagem de alma em Azul-corvo

2012-03-11
Terceiro Caderno
Em determinado momento de Azul-Corvo, de Adriana Lisboa, há uma expressão em inglês, smooth sailing, que a própria narradora traduz como algo semelhante a “avançar sem dificul ...

A exaustão da memória

2012-03-11
Terceiro Caderno
Andar em ziguezague é bem mais estimulante do que seguir uma linha reta. Isso vale também para a literatura. Os livros que direcionam uma cronologia linear tendem a me aborrec ...

A palavra feito punhal

2012-03-11
Terceiro Caderno
Um livro tão breve quanto arrebatador é o que se tem nas páginas de Vermelho amargo, romance autoficcional e “adulto” de Bartolomeu Campos de Queirós (na foto). A ênfase no “a ...

Relatos de um autor morto

2012-03-11
Terceiro Caderno
Se um de nós dois morrer, segundo romance do jornalista e crítico literário Paulo Roberto Pires, é um livro cheio de reverência – deboche, ironia, brincadeira ou tudo isso jun ...

Frágeis costuras familiares

2012-03-11
Terceiro Caderno
Há livros que ditam o próprio ritmo de leitura. Os melhores são sempre assim. Este de Adriana Lunardi, A vendedora de fósforos, por exemplo, pediu que eu seguisse lentamente e ...

A vida sem metafísica

2012-03-11
Terceiro Caderno
Um enredo mínimo é tudo o que um autor de linguagem tão marcante quanto valter hugo mãe precisa. É em torno de um mínimo de história, na qual pouquíssimo acontece fora do pens ...

Saudade em si maior

2012-03-11
Terceiro Caderno
Tudo o que eu tenho é a nostalgia que vem de uma vida errática, de um temperamento excessivamente sensível, de talvez uma vocação errada ou forçada. Clarice Lispector Uma ...

Rios Caudalosos

2012-03-11
Terceiro Caderno
O que mais gosto neste segundo romance de Tatiana Salem Levy, Dois rios, é o silêncio. Grande mérito este o de falar do silêncio difícil (aquele das palavras de engasgo), lite ...

A tempestade poética de Andréa Del Fuego

2012-03-11
Terceiro Caderno
“Família eu tenho, é que morreu” – diz Nico, um dos três pequenos sobreviventes ao raio que divide em duas partes o corpo e a vida dos Malaquias. Enquanto os pais viram cinza, ...

Clássicos Reciclados

2011-03-22
Estranho Estrangeiro
Na década de 1930, já Monteiro Lobato premiava os leitores brasileiros com adaptações de clássicos como Dom Quixote e As viagens de Gulliver. Mas nunca a prática, cada vez mai ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM