Lucrecia Zappi

Lucrecia Zappi (Buenos Aires, 1972) é escritora, jornalista e tradutora. Cresceu em São Paulo e fez o colegial na Cidade do México. Cursou artes plásticas na Academia Rietveld (Amsterdam) e mestrado em Criação Literária na NYU. Há dez anos na cidade norte-americana, assina o Diário de Nova York para a Ilustríssima. Seu primeiro livro, Mil-folhas (CosacNaify, SP, 2009), ganhou o prêmio Bologna Ragazzi, em 2011, e o romance Onça Preta (Benvirá, SP, 2013) foi traduzido pela autora para o espanhol. Saiu no México (Pollo Blanco, Guadalajara, 2014) e na Espanha (La Huerta Grande, Madrid, 2015). Acre é seu segundo romance, lançado no Brasil pela Todavia e na Espanha pela La Huerta. No momento Lucrecia prepara seu terceiro, ainda sem título.

Recomendado

A culpa secreta

2017-10-04
Luz Vermelha
  O título do romance era uma luz na sombra do crime, mas a polícia chinesa levou mais de duas décadas seguindo pistas até chegar ao autor ...

No lugar de sempre

2017-08-27
Luz Vermelha
  Parou o táxi na rua Thompson como fazia há 25 anos. Considerando o movimento do Soho, ali era um reduto quieto, especialmente porque dava a impress&ati ...

O rapto das três irmãs

2017-07-02
Luz Vermelha
“A última vez que as irmãs adolescentes foram vistas foi às 16h do dia 10 de agosto”. Fazia dois dias. Hesitou diante da nota, confirmando com ...

O último cliente

2017-05-31
Luz Vermelha
  “Eles querem me matar.” O pranto sussurado de Shannan Gilbert à polícia estava entrecortado de terror. A chamada ao 911 foi por volta das 5 ...

O encantador de gatos

2017-04-25
Luz Vermelha
 “É impossível controlar a mente de um gato.” O olhar firme e sedutor de Jonathan desviou para as sombras na parede. Conversava com os psiquiatr ...

A grande sombra

2017-03-18
Luz Vermelha
  “Não saio porque a Cidade do México ficou perigosa.” Ao repetir para o policial as palavras da irmã, morta na própria sala co ...

Rainha do baile

2017-01-30
Luz Vermelha
“Para sentir-se aceito, o adolescente é capaz de qualquer coisa. Chega a beber e usar drogas. Especialmente na noite de formatura.” M conhecia o discurso da ...

O gesto imperfeito

2016-09-26
Ode Triunfal
“Atravessava-se um longo túnel e lá estava o País das Neves. A noite assumiu um fundo branco.” Já nas primeiras linhas do romance de estréia de Kawabata, “O país das Neves” ...

Vizinho

2016-04-06
Desassossego
Só lembrava do sinteco novo quando chegava em casa. Agachei para sentir nos dedos a madeira machucada, pensando no cara que tinha passado o fim de semana de joelhos no chão, f ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2017 REVISTAPESSOA.COM