Sheyla Smanioto

Escritora, etc. Nasceu em 1990 em Diadema-SP, na época a cidade mais violenta do país, em uma família de classe baixa. Em 2017, foi apontada pela revista Forbes como um dos jovens com menos de 30 anos que fazem a diferença no Brasil. Autora de Desesterro (2015), a saga de mulheres sem corpo contada em um romance mítico sobre ser mulher no Brasil, ganhou o Prêmio Sesc de Literatura, o Prêmio Machado de Assis da Biblioteca Nacional, além de ter sido premiada com o Jabuti. Com seus textos e também com sua performance, participou de eventos dentro e fora do Brasil, como o Printemps Littéraire Brésilien e o Salão do Livro de Paris. Teve apoio do Rumos Itaú Cultural 2016 para escrever seu segundo romance, Meu corpo ainda quente (a ser publicado). Seu terceiro romance, em processo, foi contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2018. 

Recomendado

Os pés no céu e o chão na cabeça

2018-09-23
Vária
  Não é fácil nascer. Chegar ao próprio corpo. Como quando um osso estrala e só então você percebe que ele precisava ...

Mulher bicho

2016-08-20
Desassossego
Maria Ana desapareceu coisa nenhuma, se a gente fala ninguém acredita. Ela foi é morar nos sonhos da Cida.Fazia tempo ninguém via Maria Ana em Vilaboinha abrir as janelas, ba ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM