Marcos Antonio de Moraes

Marcos Antonio de Moraes é graduado em Letras; mestre e doutor em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo. Docente e pesquisador do Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo. Membro da Equipe Mário de Andrade no IEB-USP. Desenvolve pesquisas interdisciplinares, focalizando as relações entre literatura brasileira e memorialismo (correspondência de escritores). Recebeu o Prêmio Jabuti de melhor livro na categoria Teoria/Crítica Literária, pela obra Câmara Cascudo e Mário de Andrade – cartas 1924-1944 (Global, 2010). Recebeu o prêmio Jabuti na categoria Ensaio e Biografia com o livro Correspondência Mário de Andrade & Manuel Bandeira (Edusp/IEB, 2000).

Recomendado

Dezembros

2015-12-14
Colunistas
Para Mirna Queiroz Sociabilidade. Além daquilo que a memória preserva em cores fortes (mas instáveis), restou pouca coisa da casa dos Moraes, meus avós paternos. A residência ...

Turbulenta diáspora (exílios, ainda)

2015-11-03
Colunistas
Trajetória. Em resposta ao semanário paulistano que, sem fundamentação, noticiara o seu vínculo, na juventude, com o integralismo, Mário Pedrosa (1900-1981) reconstitui, em ca ...

Pássaros frenéticos

2015-09-20
Colunistas
Fronteiras. “O exílio é uma experiência terrível”, assegura o antropólogo Darcy Ribeiro em suas Confissões (1997). Em 1964, aos 42 anos, tangido pelo Golpe Militar, o político ...

Mensagem fonada

2015-08-31
Colunistas
Aquecimento. As xícaras de café vazias, a conversa segue animada. Eduardo Rossetti, professor de arquitetura da Universidade de Brasília, me conta de um bilhete do presidente ...

Matéria, memória

2015-07-30
Colunistas
Para Marisa Lajolo Exercício. Escrevendo bilhete em um naco de papel, reparo na grafia irregular, angulosa, quase ilegível. O “s” e o “r” resumem-se no risco aflito, vogais ...

Exercícios de caligrafia

2015-06-29
Colunistas
Etiqueta. Publicado em Portugal, em 1845, e difundido no Brasil, o Código do Bom-Tom ou regras de civilidade e de bem viver no século XIX, do padre J. I. Roquette, oferece, so ...

Dilúvio de cartas - Mário de Andrade

2015-05-20
Colunistas
Silêncio. Em dezembro de 1939, Mário de Andrade, na crônica Amadeu Amaral, relembrava o tempo em que, jovem poeta, “sofria de um complexo de inferioridade orgulhosíssimo”. Na ...

Diálogos (possíveis) em tempos sombrios

2015-04-22
Colunistas
Contrabandos. Em fevereiro de 1970, driblando interdições, chega às mãos do jovem Frei Betto, encarcerado político no Presídio Tiradentes, em São Paulo, artigo do pensador lei ...

Naninha e o Conde do Pinhal

2015-03-23
Colunistas
Paisagens. O retrato, tirado em 1892, na estação de águas de Carlsbad, atualmente Karlovy Vary, em território tcheco, não deixa dúvidas sobre a proveniência aristocrática do c ...

r. ponts: “e viver é bom demais, naum é?”

2015-02-23
Colunistas
Reencontro. Descartando papéis de uma antiga pasta de trabalho, deparo-me com a mensagem a caneta azul, caligrafia legível, algo desatenta às pautas. Logo nas primeiras linhas ...

Tudo perdido (ou quase)

2015-01-29
Colunistas
Extinção. Em março de 1998, Walter Salles, o diretor de Central do Brasil, entrevistado pelo psicanalista Jurandir Freire Costa, detém-se no “tema das cartas”, fio condutor da ...

Para não esquecer (mais)

2014-11-24
Colunistas
Tempo redescoberto. O caderno Mais! da Folha de S. Paulo, em 19 de fevereiro de 1995, dedicava duas páginas ao “Cinquentenário” da morte de Mário de Andrade, a ser cumprido, p ...

Doutora Nise da Silveira escreve a Baruch Spinoza

2014-10-21
Colunistas
Imaginação. Estamos em 1989. Entremos silenciosamente nesta sala de apartamento da rua Marquês de Abrantes, no Flamengo, Rio de Janeiro. Quietos: olhem para aquela mulher, cab ...

Cartografia sentimental etc

2014-09-23
Colunistas
Para Ivan com Patrick, em Courbevoie Mapa. Para se chegar ao Museu de Cartas e Manuscritos [Musée des Lettres et Manuscrits], em Paris, melhor descer na estação Saint-Germain- ...

Ramalhete de antologias

2014-08-20
Colunistas
Para Elvia Bezerra Buquê. As antologias buscam, geralmente, o representativo de um determinado gênero textual. Em seu trabalho de seleção de escritos, o antologista procura ...

História(s) em trânsito

2014-07-25
Colunistas
Império Novo. Nas páginas iniciais de sua História dos Correios no mundo [Histoire de la Poste dans le monde], Camille Allaz recupera no Egito dos séculos XV a XIII a. C. o te ...

Quem tem medo de George Sand?

2014-06-17
Colunistas
Autorretrato fragmentado. Vinte mil cartas, em 25 volumes, tipografia miúda, impressos entre 1964 e 1991 pela Garnier parisiense. Essa massa compacta de mensagens da autora fr ...

Moedeiros falsos

2014-05-19
Colunistas
Duas vidas. Raramente o leitor de cartas divulgadas em livro ou em outro tipo de publicação se dá conta de que recebe moeda falsa. Brigitte Diaz, estudiosa da epistolografia d ...

Destinatários

2014-04-17
Colunistas
Vínculos (im)prováveis. Bilhetes, cartas, mensagens em cartão-postal, e-mails, torpedos, posts em redes sociais etc pressupõem, evidentemente, a existência do “ ...

Desencontros

2014-03-19
Colunistas
Sequências interrompidas. Fragmentos de papel chamuscados deixam entrever variadas caligrafias, em diferentes cores de tinta. Pedaços de envelopes, selos crestados. Escritos s ...

Gente como a gente

2014-02-17
Colunistas
Duas caras, máscaras. Em agosto de 1911, Monteiro Lobato, dirigindo-se ao amigo Godofredo Rangel, com quem vinha se correspondendo desde a época de camaradagem estudantil paul ...

Carta pra todo mundo

2014-01-20
Colunistas
Marcos Antonio de Moraes estreia a coluna mensal Carta pra todo mundo, um namoro entre o ensaísmo e a literatura, tocando em pontos centrais dos estudos de cartas. ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM