Patrícia Lavelle

É professora do Departamento de Letras da PUC-Rio, atuando no Programa de Pós-graduação em Literatura, Cultura e Contemporaneidade. Doutora em filosofia pela École des Hautes Études en Sciences Sociales de Paris, onde morou entre 1999 e 2014, tem livros de ensaios publicados na França e no Brasil, além de traduções do francês e do alemão. Como poeta, publicou Migalhas metacríticas (7Letras, coleção Megamíni, 2017) e Bye bye Babel (7Letras, 2018). Bye bye Babel obteve a primeira menção honrosa do Prêmio Cidade de Belo Horizonte, edição de 2016.

Recomendado

Rendas para um escafandro: um ensaio e um poema para Lu Menezes

2018-09-14
Leitura Insistente
  Estes primeiros versos do poema “Render”, incluído em Abre-te, Rosebud! (7Letras, 1997), poderiam servir de introdução à po&e ...

Formas e sentidos. Uma conversa-crítica com Paulo Henriques Britto 

2018-08-27
Leitura Insistente
Li Nenhum mistério assim que saiu dos cadernos virtuais que Paulo Henriques Britto mantém na nuvem e virou um arquivo pdf enviado à editora. O prazer de d ...

A experiência do pensamento, entre poesia e filosofia

2017-10-26
Não me Importo com as Rimas
  O estilo de Maria Filomena Molder é sintoma daquilo que confere uma unidade subterrânea aos diversos textos reunidos na antologia Cerimónias: a p ...

A força entre o choque e a delicadeza

2017-08-24
Não me Importo com as Rimas
  O ritmo intermitente da série de poemas que abre Ano Novo, segundo livro de poesia de Leila Danziger, reconhecida artista plástica, corresponde a um ge ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2018 REVISTAPESSOA.COM