Nazir Ahmed Can

É Professor de Literaturas Africanas na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Licenciou-se em Letras pela Universidade do Porto e em Humanidades pela Universidade Pompeu Fabra de Barcelona. É mestre e doutor em Teoria da Literatura e Literatura Comparada pela Universidade Autônoma de Barcelona e pós-doutor pela Universidade de São Paulo. Além de atuar como co-editor da Revista Mulemba e editor-assistente da Revista Diadorim, é Vice-Presidente da Associação Brasileira de Estudos Africanos. Publicou diversos artigos sobre literaturas africanas de língua portuguesa e francesa, é autor do livro Discurso e poder nos romances de João Paulo Borges Coelho (Alcance Editores, 2014) e co-autor dos volumes coletivos Indicities/Indices/Indícios. Hybridations problématiques dans les littératures de l’Océan Indien (Éditions K’A, 2010) e Visitas a João Paulo Borges Coelho: leituras, diálogos e futuros (Afrontamento, 2017).

Recomendado

Patraquim: “Todo poema é uma ilha que deseja ser arquipélago”

2018-12-03
Orpheu
  Nazir Ahmed Can: Você nasce em Lourenço Marques e cresce no seio de uma família algarvia no bairro do Alto Maé. Poderia nos falar um pouco ...

Patraquim, poesia, tempos: notas sobre um adeus restante

2018-11-20
Não me Importo com as Rimas
Luís Carlos Patraquim nasce em 1953, em Lourenço Marques, hoje Maputo, e desde muito cedo se converte em uma das vozes de exceção do universo liter ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM