Toinho Castro

Potiguar de Pernambuco e radicado Carioca! Assim define-se Toinho Castro, que nasceu em Natal, no Rio Grande do Norte, cresceu no Recife e migrou para o Rio de Janeiro aos 30 anos. Tudo em meio à uma família de poetas, músicos artistas. Além da poesia, trabalha com design gráfico, fotografia, vídeo e outras mídias; faz filmes (Viagem a Marte, Avenida Um, Vai, foguete! e outros) e espalha versos por aí. Organizou e participou da coletânea de poemas Lendário Livro, com Aderaldo Luciano, Braulio Tavares, Nonato Gurgel, Numa Ciro e Otto. Seu trabalho enquanto poeta está ligado à construção da memória como espaço de compartilhamento, em que a poesia media uma troca vivências, percepções e expectativas. 

 

 

 
Recomendado

O meu Recife é outro

2019-02-25
Vária
Quando chego num bar, numa reunião de amigos, basta que eu comece a falar e logo alguém que está a me conhecer naquele dia, mas que já reparou meu ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM