Sandro William Junqueira

Sandro William Junqueira nasceu em 1974, em Portugal. Publicou: O Caderno do Algoz - Caminho 2009; Um piano para cavalos altos  - Caminho e Leya Brasil, 2012; No Céu não há Limões - Caminho 2014 (Finalista do Grande Prémio do Romance e Novela da Sociedade Portuguesa de Autores 2015); A Cantora Deitada - Caminho 2015 (Nomeado Melhor Livro Infantil-Juvenil para o Prémio Autores 2016 - SPA); A Grande Viagem do Pequeno Mi – Caminho 2016; Quando as Girafas Baixam o Pescoço – Caminho 2017 (Nomeado Melhor Romance para o Prémio Autores 2018 - SPA) e As Palavras que Fugiram do Dicionário – Caminho 2018 (Vencedor do Melhor Livro Infantil-Juvenil para o Prémio Autores 2018 - SPA). É autor do texto para teatro “Os Anjos Tossem Assim” in PANOS, Culturgest – 2014. Tem textos traduzidos para Inglês, Alemão e Neerlandês. Em 2012, foi considerado um dos escritores para o futuro pelo semanário Expresso. É atualmente o coordenador do projeto PANOS – palcos novos palavras novas no Teatro Nacional D. Maria II.

Recomendado

E onde é que se morre menos vezes, César Tróia?

2019-04-11
Desassossego - seção portuguesa
  Há alguns meses fui convidado a escrever um texto sobre o bacalhau para uma peça de teatro. E apesar de gostar muito de peixe (de robalos, principalmen ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2019 REVISTAPESSOA.COM