Orã Figueiredo

Orã Figueiredo é ator e diretor brasileiro. Nasceu no Rio de Janeiro, em 18 de novembro de 1965. Fez o curso técnico da Casa das Artes de Laranjeiras, CAL, e formou-se em 1987. Faz Teatro, Cinema e Televisão. Em 2003,  ganhou o prêmio Shell com a peça O que diz Molero, sob direção de Aderbal Freire-Filho. Em 2006, a peça Cora Coralina-Coração Encarnado, dirigida por Orã, foi eleita uma das dez melhores peças do ano. Também dirigiu: As Desgraças De Uma Criança Bispo Jesus do Rosário - A Via Sacra Dos Contrários. No cinema, participou dos filmes Meu nome não é Johnny, O Homem do Ano e Madame Satã, entre outros. Seu trabalho mais recente na TV foi na vela Bom Sucesso.

 

Recomendado

Carta a Chico Diaz

2020-05-01
Cartas de um outro tempo
  Meu amigo,       Um dia desses me lembrei de Tchekhov. Agora tenho tempo para relembrar e revisitar as coisas que me norteiam. Este autor ...
Desenvolvido por:
© Copyright 2020 REVISTAPESSOA.COM